Dissertações/Teses

Clique aqui para acessar os arquivos diretamente da Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da UNIFESSPA

2023
Descrição
  • DENNER PONTES MATOS
  • ENSINAGEM DO EFEITO FOTOELÉTRICO UTILIZANDO A PLATAFORMA PhET NO ENSINO MÉDIO.

  • Data: 15/12/2023
  • Mostrar Resumo
  • Esta pesquisa tem o objetivo de analisar as contribuições da plataforma PhET no ensino de Física sobre o Efeito Fotoelétrico (EF) em uma Escola Estadual no município de Marabá PA, verificando as possibilidades e desafios no processo de ensino e aprendizagem. Para tanto foi realizado uma revisão literária, elaboração e aplicação de um Produto Educacional – Dualidade Onda-partícula da Luz e o Efeito Fotoelétrico, em uma escola urbana da rede estadual de ensino no município de Marabá – PA, contando com a participação de (02) duas turmas de 1o ano. Desse modo, essa pesquisa constitui-se em uma abordagem quali-quantitativa exploratória. Os resultados evidenciam que a base fenomenológica do EF ficou clara para os alunos, de modo que, eles conseguiram compreender que a luz pode interagir com a matéria, e, a associação do uso de um simulador computacional com um vídeo explicativo se tornou crucial em diferentes aspectos: Foi relevante para a introdução do EF nas duas turmas de 1o do ensino médio; Promoveu a percepção de que a radiação pode interagir com a matéria, contribuindo assim na discussão importante desta pesquisa no que se refere à base fenomenológica comum de fenômenos diversos; Apresentou-se como uma valiosa ferramenta no processo de criação de situações com o intuito de fazer com que os alunos percebam conceitos em ação sobre ondas, luz, partículas, fóton, física quântica, entre outros. Como resultados, esta pesquisa contribuiu para derrubar barreiras que a sociedade impõe, para uma formação autônoma e independente vivenciada pelos alunos desta instituição fora do âmbito escolar. Tratando-se do Currículo, por meio dessa pesquisa, foi possível estruturá-lo à necessidade dos alunos daquela instituição, introduzindo conceitos antes desconhecidos por estes, como: ondas, partículas, luz, EF, plataforma PhET, entre outros. Esta melhoria do currículo foi possível pela observação das dificuldades únicas desses alunos, além do repertório de conhecimentos desses alunos. Concluindo, realmente não existe um método ou planejamento único para se trabalhar com as novas tecnologias de informação e comunicação, como softwares de simulação de fenômenos físicos, entre outras ferramentas digitais. Na área de Ciências da Natureza e suas Tecnologias, em particular, os estudos evidenciam que a competência para apropriar-se de conhecimentos da Física, interpretar, avaliar ou planejar intervenções científico-tecnológicas, exigirá do professor novas abordagens metodológicas do ensino e escolha de conteúdo.

  • RAFAEL SANTOS BARBOSA
  • SEQUÊNCIA DIDÁTICA PARA O ENSINO DE ELETRICIDADE NO ENSINO MÉDIO POR MEIO DA INTERPRETAÇÃO DO ELETROCARDIOGRAMA COM EXPERIMENTOS E ANIMAÇÕES NO PHET.

  • Orientador : JOSE ELISANDRO DE ANDRADE
  • Data: 30/11/2023
  • Mostrar Resumo
  • No contexto socioeducacional do ano de 2023, busca-se cada vez mais a inovação tecnológica, com isso, há um aumento na procura por novas estratégias educacionais. Quando professores, ou a própria escola, fornecem estratégias adicionais, o conhecimento pode ser adquirido de forma mais dinâmica, aplicada, crítica e significativa, o que se configura também como forma de motivação e incentivo ao estudo. Enfim, observou-se que pode existir certa dificuldade em compreender assuntos de física como força elétrica, campo elétrico e potencial elétrico. No entanto, quando esses tópicos são apresentados frente a um tema específico, como o coração e o eletrocardiograma, como no caso deste trabalho, há uma justificativa para o ensino de biofísica e eletricidade, em contribuição ao seu público-alvo que possui, muitas vezes, aversão e/ou dificuldades em se aprofundar no assunto. Portanto, anseia-se, neste trabalho, reunir dados com o propósito de desenvolver uma Unidade de Ensino Potencialmente Significativa que possa ser aplicada em sala de aula em escolas de Ensino Médio das redes pública e particular. A proposta é, também, de que o Ensino de Física seja aplicado e guiado por temas, sendo significativo e aplicado no cotidiano, para melhor assimilação dos estudantes envolvidos. Para tal finalidade, a sugestão inicial é a de que o estudante entenda o funcionamento do coração e como esse órgão provoca a si mesmo uma diferença de potencial que o faz ser uma bomba mecânica do ponto de vista da Física e explicações teóricas dessa ciência. Enfim, o presente trabalho tem como objetivo geral mostrar como a utilização de um experimento, que envolve uma placa de Arduino para simular um exame de eletrocardiograma, pode auxiliar no entendimento e na motivação por parte dos alunos na aprendizagem de temas como eletricidade. Já os objetivos específicos são: verificar como podem ser usados microcontroladores na descoberta de eventos da física; aplicar princípios de aprendizagem significativa e ensino por temas; apresentar os benefícios gerados pela utilização de simulações do PHET; verificar, através da aplicação de questionários anteriores e posteriores a aula, a aprendizagem via UEPS; e, por fim, identificar se os alunos levaram o conhecimento científico para além da sala de aula, ou seja, se conseguem replicar e aplicar o ensino científico. Para seu desenvolvimento, foram utilizadas pesquisas bibliográficas baseadas em publicações científicas e livros, texto de sites especializados na área de ensino e aprendizagem significativa, envolvendo teorias como ensino por temas, UEPS, ensino de Biofísica de forma aplicada. Além disso, foi criado um produto educacional que é uma sequência didática. Foi possível concluir que, apesar de ainda serem relevantes mais estudos similares, a sequência didática criada com base nas UEPS foi fundamental para que os alunos compreendessem melhor o conteúdo de eletricidade, a partir de conceitos físicos relacionados ao funcionamento do coração e, a motivação dos envolvidos na aula foi superior a uma aula tradicionalista, meramente expositiva. 

  • MAX LIMA DE SOUZA
  • SEQUÊNCIA DIDÁTICA PARA O ENSINO DE FENÔMENOS NATURAIS ASSOCIADOS A MOVIMENTOS PERIÓDICOS.

  • Data: 24/11/2023
  • Mostrar Resumo
  • A proposta deste trabalho é a utilização da metodologia com base em uma sequência didática para o ensino de Física a alunos do 6o ano do ensino fundamental. A motivação para a elaboração deste trabalho, vem do fato de que é nesta fase que os estudantes começam a ter contato com conceitos mais complexos de Física e Matemática. Considera-se também que esse é um momento crucial para a formação de competências e habilidades que serão necessá- rios ao longo dos demais anos do ensino fundamental e ensino médio. As competências e ha- bilidades serão trabalhadas sobre o tema “SEQUÊNCIA DIDÁTICA PARA O ENSINO DE FENÔMENOS NATURAIS ASSOCIADOS A MOVIMENTOS PERIÓDICOS”. Fenômenos periódicos são comuns em muitos sistemas naturais, desde oscilações em sistemas mecânicos como molas e pêndulos, até oscilações em sistemas biológicos, como o batimento cardíaco e a respiração, além da interação Terra-Sol-Lua. A sequência didática é apropriada ao ambiente educacional na qual foi aplicada devido a restrições de recursos didáticos da escola; consiste na fabricação e utilização de uma maquete do sistema Terra-Sol-Lua, construída com materi- ais de baixo custo, na utilização de simulações através softwares computacionais, do livro di- dático, de mapa e globo terrestre, vídeos, além de aulas expositivas e dialogadas em projetor de mídia. O desenvolvimento das atividades é realizado com base no plano de aula que é res- ponsável pela formatação da metodologia da sequência didática, indicando a ordem e a forma de utilização dos recursos didáticos, das atividades propostas e da avaliação. Por fim, para avaliar o efeito da proposta na aprendizagem foram elaboradas questões com objetivos espe- cíficos cujas respostas são caracterizadas por níveis de aprendizagem. Os resultados obtidos mostram as vantagens de se usar a metodologia com base na sequência didática.

  • VALDIANE SILVA DA CRUZ
  • HISTÓRIA DA CIÊNCIA & EXPERIMENTOS COMO FERRAMENTA COMPLEMENTAR: COMPREENDENDO CONCEITOS DE ELETRICIDADE E MAGNETISMO EM SALA DE AULA NO ENSINO MÉDIO.

  • Data: 01/09/2023
  • Mostrar Resumo
  • Este trabalho apresenta a importância da história da eletricidade e a história do eletromagnetismo desde século IV até o século XX acompanhada com experimentos na sala de aula, pois por meio da história acredita-se que o aluno obterá uma aprendizagem significativa quando este for capaz de não confundi os assuntos de Física. Será abordado a metodologia de Aprendizagem Significativa de David Paul Ausubel por Subordinação derivativa, Subordinação correlativa, Superordenação e Aprendizagem combinatória, por meio da aplicação do Produto Educacional que apresentará dois questionários prévios sobre o conhecimento antes da aula e um questionário avaliativo após a aula. O Produto Educacional será composto de textos históricos acompanhado dos experimentos da garrafa de Leiden do século XVIII e da Terrella século IV e seus respectivos criadores. O motivo da escolha do experimento da Terrella é por representar o século IV e o cientista Petrus Peregrinus e não William Gilbert e a garrafa de Leiden por ser o único experimento que repercutiu com muitos cientistas na corrida de entender a eletricidade que apesar de Benjamin Franklin não ter sido seu criador, conseguir conceituar de forma objetiva o comportamento da carga elétrica. Portanto a HC no ensino de Física acompanhada de experimentos pode contribuir de forma significativa a aprendizagem do aluno, permitindo a conceituação e o entendimento do conteúdo.

  • FRANCISCO ALDENE RODRIGUES DOS SANTOS
  • SEQUÊNCIA DIDÁTICA PARA ABORDAR A DATAÇÃO POR CARBONO - 14 NO ENSINO MÉDIO.

  • Data: 10/08/2023
  • Mostrar Resumo
  • Durante bastante tempo a educação foi vista pela via de apenas um modelo educacional, entretanto, no decorrer dos anos vem sendo ressignificada, e novas metodologias surgem, como as Metodologias Ativas. Com o intuito de romper com alguns paradigmas que engessam o processo de ensino-aprendizagem. Por esse lado, buscou-se utilizar uma de suas abordagens, que é a Sala de Aula Invertida, a qual busca valorizar o protagonismo do aluno. O presente estudo está intitulado sequência didática através do método da sala de aula invertida para abordagem sobre a datação por carbono - 14 no ensino médio. Surgiu a partir de algumas inquietações durante o mestrado nacional profissional no ensino de física. Tendo como objetivo geral desenvolver uma intervenção metodológica aplicada à turma, via sequência didática, como forma de proporcionar aos alunos a introdução de conhecimentos sobre datação por carbono - 14. Ademais, como objetivos específicos, levantar os conhecimentos prévios dos alunos sobre datação por carbono - 14; aplicar a intervenção metodológica; comparar os dados do antes e do depois da intervenção metodológica; constar se aplicação da intervenção metodológica contribuiu para aumentar o conhecimento dos alunos sobre o tema em estudo. Utilizou-se os referenciais teóricos de Ausubel para subsidiar a metodologia utilizada e para que os alunos pudessem desenvolver a autonomia em seus estudos, por meio dos direcionamentos dados pelo professor interventor. Foram trazidos em sala de aula conhecimentos sobre a física das radiações e mais especificamente sobre datação por carbono - 14. Alinhando com atividades a serem desenvolvidas, buscando a construção de uma aprendizagem significativa. E assim, trazendo para o debate essas temáticas com foco no aprendizado do estudante. Como resultados vemos que diante da forma utilizada para a abordagem do tema proposto muitos conceitos formam desenvolvidos e outros melhorados. Foram realizadas avaliações buscando aferir o aprendizado dos alunos sobre os conceitos ensinados sobre a temática. Portanto, foi observado que os resultados obtidos se mostraram satisfatórios.

     

  • ANDERSON AMARO VIEIRA
  • DESENVOLVIMENTO DE UM APLICATIVO PARA SMARTPHONE NO PROCESSO DE ENSINO E APRENDIZAGEM DE FUNDAMENTOS DE ASTROFÍSICA NO ENSINO MÉDIO.

  • Data: 08/03/2023
  • Mostrar Resumo
  • A pesquisa busca responder a seguinte questão: O ensino de Física auxiliado por um aplicativo para dispositivo móvel pode potencializar o aprendizado de alunos do Ensino médio? Assim, neste trabalho foi desenvolvido, na plataforma Android, o aplicativo “Star Astronomy”, com o fim de auxiliar no ensino de Temas da Astrofísica e, a partir de sua utilização, verificar essa hipótese. Na aplicação em sala de aula, foram utilizadas as contribuições teórico-metodológicas das Teorias Cognitiva da Aprendizagem, de David Ausubel, da Espiral, de Jerome Bruner e da Carga Cognitiva, de John Sweller, para embasar a Sequencia Didática, na abordagem do tema “a Evolução, as propriedades e características das estrelas”, com o uso da transposição didática, trazendo acessibilidade do referido tema aos alunos do EM. Toda a abordagem foi realizada com uma turma do 3º ano, da Rede Publica do Estado do Pará. A utilização do aplicativo, associado a uma metodologia de ensino eficaz, evidenciou que esta ferramenta computacional pode ser promissora e trazer resultados significativos, se aplicada adequadamente.

2022
Descrição
  • CLENES DOS SANTOS RIBEIRO
  • Utilização de um medidor de vazão como ferramenta didática para estudar hidrodinâmica.

  • Data: 01/12/2022
  • Mostrar Resumo
  • O presente trabalho parte do pressuposto de que o processo de ensino aprendizado praticado nas escolas deve acompanhar a evolução tecnologica e que essa evolução precisa ser ensinada levando em consideração a realidade do discente. A partir dessa premissa é que este trabalho descreve os conceitos de hidrostática e hidrodinanmica, mais especificamente a vazão de um fluido a partir de um medidor de vazão para auxiliar na aprendizagem significativa e para tanto o trabalho teve como alicerce a Teoria de Aprendizagem significativa Aprendizagem Significativa de Joseph D. Novak. O medidor de vazão foi aplicado para estudantes do 2º ano do ensino médio da Escola Estadual Jose Neves de Oliveira, na cidade Itinga-MA. Para a realização do presente trabalho foram adotadas 4 etapas, na primeira etapa, o professor aplicou um questionário prévio para avaliar o quanto os estudantes sabiam sobre os conceitos de hidrodinâmica, foi possível observar que a maioria dos estudantes desconheciam os conceitos básicos de hidrodinamica. Em seguida, o professor realizou uma aula expositiva sobre alguns conceitos de hidrodinâmica e apresentou um vídeo sobre o assunto. Na terceira etapa, os
    estudantes com o auxilio e supervisão do professor o mediador de vazão para realizar as medições. Por fim, um novo questionário, foi possível verificar que houve aprendizagem significativa.

  • WILMA CARVALHO CAVALCANTE
  • DESENVOLVIMENTO E APLICAÇÃO DE UM KIT DIDÁTICO PARA ANÁLISE DE CONSUMO DE ENERGIA ELÉTRICA EM ELETRODOMÉSTICOS.

  • Data: 27/10/2022
  • Mostrar Resumo
  • O presente trabalho foi motivado a partir da reflexão sobre as práticas educativas no ensino de Física, as quais causam inquietude, sobretudo, quando se acredita que o ensino-aprendizagem desta disciplina deva ser significativo para o aluno e ir além da mera transposição didática de fórmulas e cálculos. Trata de questões que envolvem a energia elétrica, assunto abordado geralmente, na terceira série do ensino médio. Traz como título: Desenvolvimento e aplicação de um kit didático análise de consumo de energia elétrica em eletrodomésticos. Propõe como objetivo geral: Mostrar que é possível criar condições favoráveis para o ensino da Física, possibilitando a aprendizagem através da aplicação de uma sequência didática contextualizada sobre a temática consumo de energia elétrica. Como objetivos específicos, têm-se: a) Desenvolver um kit didático para estudo do consumo de energia elétrica para ser utilizado na sequência didática de ensino de forma a contribuir para aprendizagem dos alunos; b) Desenvolver uma sequência didática de ensino sobre consumo de energia elétrica, utilizando a dinâmica dos três momentos pedagógicos; c) Aplicar a sequência didática desenvolvida em uma escola de ensino médio da rede estadual de ensino da cidade de Paragominas-PA; d) Verificar indícios de aprendizagem através dos diálogos e atividades realizadas pelos alunos. A relevância desse trabalho consiste em contribuir para um processo de ensino e aprendizagem contextualizado, reflexivo, a partir da temática consumo de energia elétrica, contribuindo para a formação de alunos críticos que possam ver a utilidade dos conceitos ensinados em Física na sua vida fora da escola, e possam utilizar-se deles para tomadas de decisões.

  • JEAN FABRICIO TEIXEIRA GOMES
  • SEQUÊNCIA DE ENSINO INVESTIGATIVO NA APLICAÇÃO DE LABORATÓRIO ABERTO NO ESTUDO DE ELETRICIDADE EM ESCOLAS DE ENSINO MÉDIO PROFISSIONALIZANTE.

  • Data: 02/09/2022
  • Mostrar Resumo
  • Neste trabalho, é apresentada uma Sequência de Ensino Investigativo (SEI) envolvendo o estudo de eletricidade no dia a dia observada em aparelhos resistivos. Utilizando o método de Ensino por Investigação, fundamentada nas teorias de Ausubel, esta obra apresenta um guia de dinâmicas práticas, com roteiro semiaberto, buscando despertar o interesse, curiosidade e o instinto investigativo dos alunos para o assunto em questão, contribuindo para o seu autodesenvolvimento. A intenção é construir um elo entre esses conhecimentos, fazendo o aluno perceber que tudo que é mostrado de forma teórica (em sala de aula) pode ser aplicado em sua vida diária (na prática), tornando assim o conhecimento cada vez mais significativo.

  • RUDRISLEY ALVES
  • Objeto de Aprendizagem Q+ Física: assimilação de conceitos de eletrostática em aplicativo para mobile.

  • Data: 26/08/2022
  • Mostrar Resumo
  • Os avanços nas áreas de ciência e tecnologia na atualidade, também alcançaram a esfera educacional, sendo necessária, assim, mudanças nas técnicas pedagógicas, em que a tecnologia possa ser utilizada como forma de melhorar e tornar mais interessante o processo de aprendizagem. Pensando nisso é que se constituiu a motivação para o tema deste trabalho, que tem como objetivo geral desenvolver e aplicar um objeto de aprendizagem no formato de um Quiz, que possa contribuir na assimilação conceitual de tópicos de eletrostática, e, como objetivo específico, desenvolver um game em formato de Quiz sobre eletrostática para o mobile (celular). A pesquisa tem abordagem mista e os sujeitos foram alunos do terceiro ano do ensino médio do município de Itupiranga-Pará. Para coleta de dados foram utilizados uma ficha de percentual de acertos e três questionários, sendo dois aplicados aos alunos e um aplicado ao professore, a fim de se verificar a eficácia do produto educacional Quiz desenvolvido. Como referencial teórico se utilizou a teoria da aprendizagem significativa de David Ausubel, relativo a ocorrência da assimilação por disponibilidade, discriminalidade e estabilidade. Dos dados coletados, foi possível observar que as três formas de ocorrência de assimilação ocorreram, e os alunos conseguiram assimilar melhor os conceitos sobre eletrostática, mesclando a aula do professor com o uso do Quiz. A partir disso, foi possível concluir que os objetos de aprendizagem podem contribuir efetivamente para o ensino de física, pois, além de tornar as aulas mais divertidas e prazerosas, também ajuda no processo de assimilação do conteúdo.

  • WILLYAN MATHIAS FORMACHARI DE OLIVEIRA
  • ROLETA DOS SISTEMAS PLANETÁRIOS PARA ALUNOS VIDENTES E NÃO-VIDENTES DOS ANOS FINAIS DO ENSINO FUNDAMENTAL.

  • Data: 25/08/2022
  • Mostrar Resumo
  • No fundamental, mais especificamente no 9° ano, a disciplina de Ciências, trabalha com alguns conteúdos que podemos considerar uma introdução à Física, como por exemplo, a Astronomia. O ensino atual de astronomia se pauta na Base Nacional Comum Curricular a partir de competências específicas, contudo, os professores parecem apresentar pouco tempo, ou mesmo, falta de conhecimento, para o planejamento escolar, o que dificulta a construção deste saber pelos alunos. Quando se restringe o público aos alunos com deficiência visual, essas competências se tornam menos satisfatórias ainda. Desse modo, esta pesquisa se propôs a produzir um material didático que ajude no processo de difusão dos conteúdos de astronomia, através de um produto educacional formado por um Guia Didático e uma roleta do sistema solar, que aborda conteúdos de astronomia do nono ano do ensino fundamental. A pesquisa tem abordagem qualitativa e tem por base teórica a teoria da compensação proposta por Vygotsky, que é dividida em três tipos: a mística, a biologicamente ingênua e psicologia científica que serão abordadas em uma sequência didática para o ensino de Astronomia na disciplina de Ciências. Nesta sequência, as aulas apresentam metodologias e atividades para serem aplicadas aos alunos com o auxílio de ferramentas como vídeos, material concreto e materiais traduzido para braile. Após a elaboração deste guia e do jogo da roleta do sistema solar, eles foram aplicados para alunos cegos e de baixa visão. Apesar do produto ter sido desenvolvido para o 9º ano do ensino fundamental, participaram por pedido da direção, pois estavam neste horário, alunos do 7º ano, do 8º ano, 9º ano do ensino fundamental e 1º série do ensino médio do Centro de Apoio Pedagógico (CAP) localizada na cidade de Marabá no estado do Pará, em total de 6 alunos. Antes de aplicar o produto, foi realizada a técnica de grupo focal para mapear os conhecimentos prévios, que mais tarde, seriam trabalhados em sala de aula. Em seguida, aplicado sob a técnica de sala de aula invertida um podcast sobre todos os assuntos contidos na pesquisa, após estes passos, a sequência didática e o Jogo da roleta do Sistema Solar e posteriormente outro grupo focal para analisar se existiu resultado através de uma aprendizagem para estes alunos. Diante dos resultados, foi aplicada a análise discurso para validar as considerações finais da pesquisa que pelo observado gerou crescimento significativo da aprendizagem, mostrando que pode se compensar a perda de sentido pelo planejamento de uma aula lúdica e adaptada.

  • JOSIVALDO ALVES CHAVES
  • DISPOSITIVOS DE EMISSÃO E RECEPÇÃO DE RADIAÇÕES ELETROMAGNÉTICAS NO PROCESSO DE ENSINAGEM DA FÍSICA NO ENSINO MÉDIO.

     

  • Data: 24/08/2022
  • Mostrar Resumo
  • O indivíduo aprende de maneira significativa quando recebe uma informação que tem relação com algum conhecimento que ele já possui de forma relevante, e que, ambas passam a interagir de forma específica mantendo uma conexão. Sob o aspecto cognitivo do aluno, os conhecimentos da existência de tantos equipamentos e dispositivos que foram construidos e desenvolvidos através das descobertas dos fenômenos físicos, é algo relevante para um processo de ensino e aprendizagem. Estes conhecimentos poderão servir de subsunçores para novas informações referentes à Física Moderna e Contemporânea, mas especificamente nos estudos sobre as radiações eletromagnéticas e suas aplicações. Este trabalho pretende trazer uma reflexão como é concebida a aprendizagem significativa e propor maneiras de trabalhar o Ensino de Física no Ensino Médio, a partir das descobertas feitas nesta ciência no final século XX e nas primeiras décadas do século XXI, na Escola Pública. O objetivo deste trabalho foi elaborar um manual de aulas experimentais para conectar teoria e prática, composto de nove aulas práticas utilizando desde um objeto simples como uma vela de parafina acesa, emissores de luz invísivel e luz vísivel, emissor de raio laser, radio de pilha e prisma de cristal.

  • CARLOS ROGÉRIO GOMES CABRAL
  • KIT DIDÁTICO COMO FERRAMENTA FACILITADORA PARA O PROCESSO ENSINO APRENDIZAGEM DO EFEITO FOTOELÉTRICO USANDO A METODOLIGIA DE SALA DE AULA INVERTIDA.

  • Data: 05/08/2022
  • Mostrar Resumo
  • Este trabalho é resultado de um apanhado das contribuições pedagógicas didáticometodológicas do uso das novas tecnologias, especificamente, os sensores robóticos para aplicação e abordagens de conceitos básicos acerca de fenômenos que envolvem o efeito fotoelétrico. Nesse sentido, apresenta-se como objetivo deste, um projeto experimental com a construção de um kit didático como ferramenta facilitadora para o processo de ensino aprendizagem do efeito fotoelétrico usando a metodologia de sala de aula invertida, podendo ser utilizado pelos professores de ensino básico como suporte para a Física Moderna, fazendo uso das contribuições dos modelos de aprendizagem significativa, Ausubel (1968) e Moreira (2012), ensino híbrido (MORAN, 2017), e Campo de Integração Curricular (CIC) em escolas de tempo integral nos finais do ensino fundamental. Dentre os teóricos utilizados na pesquisa estão, além dos supracitados, Caruso (2006), Eisberg (1979) e Präs (2012), dentre outros.

  • JEAN DE JESUS VIEIRA CARNEIRO
  • ÓPTICA GEOMÉTRICA COM METODOLOGIA DE SALA DE AULA INVERTIDA: Uma sequência didática para aprendizagem significativa de espelhos planos e esféricos.

  • Data: 05/08/2022
  • Mostrar Resumo
  • O trabalho aqui apresentado trata de um suporte didático com metodologia de sala de aulainvertida para se ministrar óptica geométrica, especificamente no que se refere ao estudo dos espelhos planos e esféricos. Como parte da metodologia aplicada foi elaborada uma sequência didática desenvolvida em sete aulas de 135 minutos cada, onde constamatividadesassíncronas ou síncronas como vide oaulas, video conferências e resolução de exercícios do livro didático ou elaborados na plataforma Google formulários. Para viabilizar a aplicação do planejamento didático foi criado no WhatsApp um grupo de estudos onde professor e alunos interagem buscando a otimização da relação ensino-aprendizagem. É importante salientar que em função da pandemia covid-19 a metodologia de sala de aula invertida de que trata esta dissertação não foi possível ser executada em sua totalidade, uma vez que oprotocolo sanitário exclui a realização de aulas presenciais. Foi elaborado também um suporte didático em óptica geométrica restrita ao estudo dos espelhos planos e esféricos onde constam listasde exercícios e questionários de avaliação do conhecimento. Deseja-se aqui, que este material sirva de modelo para que professores de física, interessados pelo assunto, possam usá-lo em suas atividades laborais no ensino de óptica geométrica. Acredita-se que um material dessa natureza seja de grande relevância no ensino de Física, tendo em vista a carência de metodologias ativas, como a que é proposta aqui. Por outro lado, a realização deste trabalho se justifica pelo fato de nossos alunos estarem cada vez mais desmotivados com a modalidade tradicional que vem sendo praticada o que, sem dúvida, é um fator determinante para os altos índices de evasão e repetência nas escolas públicas da nossa federação. 

  • VAGNO GUEDES PORTELA
  • UMA SEQUÊNCIA DE ATIVIDADES DIDÁTICAS PARA O ENSINO DOS MODELOS ATOMICOS AO MODELO PADRÃO DE
    PARTÍCULAS SOB A PERSPECTIVA DA SALA DE AULA INVERTIDA.

  • Data: 27/07/2022
  • Mostrar Resumo
  • PORTELA, Vagno Guedes. Uma sequência de atividades didáticas para o ensino do modelo padrão de partículas sob a perspectiva da sala de aula invertida. 2022. 102 p. Dissertação (Mestrado Profissional em Ensino de Física) – Universidade Federal do Sul e Sudeste do Pará – UNIFESSPA, Marabá, Pará, Brasil. 2022. Tendo em vista a necessidade de atualização do currículo de física e a utilização de metodologias potencialmente motivadoras que possibilite uma participação mais ativa por parte dos discentes nas aulas de física, esta pesquisa teve como objetivo geral elaborar uma proposta de Ensino dos modelos atomicos e a teoria do Modelo Padrão (MP) de Partículas utilizando como Sequencia Didática (SD) a Estratégia Metodológica da Sala de Aula Invertida (SAI), em uma turma do Ensino Médio na rede Pública de Ensino no Município de Tucuruí. Para tanto, foi realizado uma revisão da literatura sobre trabalhos que utilizaram a metodologia da SAI para o alcance de uma aprendizagem significativa, além disso, fez-se uso das tecnologias digitais como ferramenta educacional para facilitar o processo cognitivo dos alunos na compreensão dos tópicos tratados. Nesse sentido, o Ambiente Virtual de Aprendizagem (AVA), utilizado para depositar os materiais de estudo a saber: textos, vídeos, questionários, atividades individuais e em grupo foi o google sala de aula. A SD produto deste trabalho, foi desenvolvida com base nas ideias da teoria de aprendizagem significativa de David Ausubel, a Teoria da Carga Cognitiva (TCC) de
    John Sweller e a teoria do ensino em espiral de Jerome Bruner. Diante dos resultados obtidos, verifica-se a eficácia da proposta de ensino utilizada, por considerar que houve uma participação maior e uma aprendizagem mais efetiva dos estudantes sobre os conteúdos trabalhados, além do mais acredita-se que este pode servir de
    referência para ser usado no desenvolvimento de outros trabalhos de cunho pedagógico.

  • HENOC DE JESUS DA SILVA GOMES
  • UMA PROPOSTA DE INTERVENÇÃO METODOLÓGICA PARA INSERÇÃO DE CONHECIMENTOS DE NANOCIÊNCIAS E NANOTECNOLOGIA NO ENSINO MÉDIO.

  • Data: 15/06/2022
  • Mostrar Resumo
  •  

    Considerando o fato de que, de modo geral, os alunos não têm noção de como os conceitos físicos, da Física Moderna e Contemporânea, estão associados ao progresso tecnológico e por conseguinte, inseridos no contexto da sociedade moderna; essa pesquisa se justifica por se constituir em um importante instrumento de intervenção metodológica junto aos alunos do ensino médio de escola pública, para trazer à tona conhecimentos da Física Contemporânea, mas especificamente conceitos de Nanociência e Nanotecnologia, para ensejar uma melhor compreensão dos avanços tecnológico que os cercam em seu cotidiano, vislumbrando um olhar mais amplo da Física. Assim, esta pesquisa de natureza aplicada e descritiva, aborda sobre uma proposta de intervenção metodológica, constituída por uma sequência didática que abrange vídeos do YouTube; 01 (um) “Kit Nano”, construído com materiais de baixo custo; 2 (dois) experimentos em Nanociência e Nanotecnologia e uma palestra ministrada por um pesquisador da área; objetivando-se constatar a implicação da aplicação desta intervenção metodológica, como forma de proporcionar aos alunos a introdução de conhecimentos de Nanociência e Nanotecnologia, para tornar mais claros conceitos de Física presentes no progresso tecnológico. Para tanto, como procedimentos metodológicos utilizou-se a pesquisa bibliográfica para fundamentar a proposta de intervenção, bem como um estudo de caso, para o levantamento dos conhecimentos prévios dos alunos sobre o assunto, o contexto da pesquisa e as etapas da intervenção metodológica. Logo em seguida, deu-se início à implementação da referida proposta, e por fim, foi feito um novo levantamento dos conhecimentos dos alunos sobre o tema. Diante disso, com a análise dos dados levantados e dos resultados apresentados pela pesquisa, pôde-se verificar que a implementação da proposta de intervenção metodológica foi eficaz, proporcionando aos discentes um acréscimo substancial de conhecimento sobre o tema, auxiliando de forma satisfatória na compreensão de conceitos físicos que subsidiam a evolução tecnológica, o que concede legitimidade para a aplicação desta proposta em outras escolas.

  • ALVARO CESAR DOS SANTOS OLIVEIRA
  • O ENSINO DE FÍSICA BASEADO EM INSTALAÇÕES ELÉTRICAS DE BAIXA TENSÃO COM FOCO NO NOVO ENSINO MÉDIO.

  • Data: 07/06/2022
  • Mostrar Resumo
  • A física acaba sendo um desafio no aprendizado da maior parcela dos estudantes, somado a isso, a redução histórica das aulas e a possível baixa taxa de alunos que optarão por cursos que envolvam a física no senário da reformulação do ensino básico. Pensando em contornar essa problemática, o presente trabalho propõe uma sequência didática para o ensino de eletrodinâmica baseada em uma residência elétrica de baixa tensão (127 V ou 220 V). Essa proposta simpatiza com o Novo Ensino Médio, o qual almeja o aluno protagonista do seu aprendizado, participando das escolhas do seu processo formativo. Baseado na Teoria da Aprendizagem Significativa de David Ausubel, o estudante aprende partido de conhecimentos já existentes em sua estrutura cógnita, realizando novas experiências e ressignificando os seus conhecimentos. A pesquisa possibilita ao professor trabalhar a formação básica do aluno, já presente na grade curricular, com formação do trabalho, abordando tópicos presentes na formação técnica de um curso de eletricista predial, trazendo o aprendizado para a vida. Podendo ser empregada no curso de eletrodinâmica, a fim de ensinar os alunos dentro da proposição da formação básica, do currículo flexível compondo a criação de um itinerário formativo ou de maneira isolada para metodologias especificas como em uma feira de ciência. Ao ser implementada, mesmo com as peculiaridades do período pandêmico, se mostrou muito promissora como alternativa de estratégia de ensino para a rede básica de ensino.

  • ISRAEL PEIXOTO MORAES
  • O USO DE SENSOR DE PRESENÇA CAPACITIVO PARA O ENSINO DE CAMPO ELÉTRICO.

  • Data: 07/03/2022
  • Mostrar Resumo
  • Esta dissertação tem como proposta didática a análise e criação de uma prática experimental que atue como projeto motivador para a aprendizagem do assunto campo elétrico abordado na Física no ensino básico. Baseado nas teorias pedagógicas de estímulo as aulas práticas e execução de experimentos que estimulem e motivem o ensino, tendo como principal referência as teorias de Ausubel sobre a aprendizagem significativa, processo através do qual uma nova informação relaciona-se com um aspecto relevante da estrutura de conhecimento do indivíduo. Para sustentar tal proposta foi criado um sensor de presença capacitivo para o estudo da eletrostática, pois a aproximação de determinado corpo é percebida por esse dispositivo que capta esse sinal e indica a variação da capacitância mediante aproximação dos corpos, dessa forma, variando a impedância do circuito no qual o sensor está inserido. Essa perturbação no circuito, que é alimentado pelo Arduino, o qual insere no circuito uma tensão variável no formato de onda quadrada, é amplificada gerando uma mudança na intensidade do brilho de um LED, no qual o aluno poderá perceber visualmente a variação da capacitância. Além do experimento, para que o aluno tenha melhor compreensão da eletrostática e sua aplicabilidade no cotidiano. Na tentativa de avaliarmos a nossa metodologia foram utilizados questionários e avaliações a partir dos quais observou-se a necessidade das aulas práticas no processo de aprendizagem dos discentes, para que possam atingir altos níveis de desenvolvimento, interação, motivação e compartilhamento de conhecimento.

  • MIDIAN ALVES DE ALMEIDA LACERDA
  • UMA SEQUÊNCIA DIDÁTICA DE ELETROMAGNETISMO USANDO O PACOTE BLENDER.

  • Data: 28/02/2022
  • Mostrar Resumo
  • O trabalho consiste na produção de animações de uma sequência didática de eletromagnetismo usando o pacote Blender. Tal abordagem possibilita a modelagem, animações e controle dos ambientes de um laboratório virtual de eletrostática. Tendo como objetivo agir como uma ferramenta facilitadora complementar do processo da aprendizagem dos conceitos específicos de eletromagnetismo para alunos do 3º ano do Ensino Médio. De maneira, que as animações dos experimentos físicos produzidos no pacote blender apresentadas no laboratório virtual de eletrostática, podem rodar em computadores, celulares e smartfone é uma ferramenta educacional computacional, em conformidade com a Base Nacional Curricular Comum (BNCC), pode ser usado pelos docentes como “organizador prévio” dos conteúdos de física ministrados em sala de aula de forma presencial ou em sala de aula de forma remota. O laboratório virtual de eletrostática Blender animações 3D de eletromagnetismo contempla os currículos do campo de cargas positivas, cargas negativas, cargas de sinais contrários, eletroscópio de folhas, gerador de Van De Graaf e força elétrica. Para aplicação e comprovação deste produto educacional, foi realizado coleta de dados pré-teste e pós-teste respondido pelos alunos em questionário do google formulários e a partir da análise de dados quantitativos comprovou-se como ferramenta auxiliar pedagógico educacional de aprendizagem significativa sendo o suporte fundamental desta dissertação. 

  • GLEYSON MIRANDA DE SOUZA
  • Produção e aplicação de livro paradidático para o ensino de Astronomia Cultural:“Uma aventura pelos céus da Amazônia”
  • Data: 25/02/2022
  • Mostrar Resumo
  • Este trabalho apresenta reflexões que envolvem o ensino de Astronomia na Educação Básica, mais especificamente, a Astronomia Cultural atrelada aos diferentes tipos de saberes descritos por Áttico Chassot e aos perfis conceituais de Eduardo Mortimer. O trabalho tem como objetivo desenvolver atividades práticas de Astronomia a partir da produção e aplicação de uma narrativa por meio de um livro paradidático voltado para contexto da Amazônia no que se refere às constelações indígenas, com intuito de valorizar e preservar os saberes locais dos alunos. A temática do multiculturalismo faz parte dos Temas Contemporâneos Transversais da Base Nacional Comum Curricular (BNCC), assim como contempla a habilidade EF09CI15: “relacionar diferentes leituras do céu e explicações sobre a origem da Terra, do Sol ou do Sistema Solar às necessidades de distintas culturas (agricultura, caça, mito, orientação espacial e temporal etc.)”. O trabalho é caracterizado como qualitativo e faz observações de possíveis indícios de aprendizagens por meio do desempenho dos alunos durante as atividades realizadas. Desse modo, este trabalho apresenta 4 atividades práticas de Astronomia por meio de uma sequência didática, incluindo a leitura do livro paradidático “Uma Aventura pelos Céus da Amazônia”, aulas expositivas, uso do software Stellarium e atividades observacionais do céu a olho nu. O público-alvo foram 20 alunos do 9º ano da Escola Municipal de Ensino Fundamental Tia Erica Strasser, localizada no município de Moju-PA. Logo, a aplicação das atividades elencadas na sequencia didática, permitiu detectar indícios de aprendizagem, a saber, dos conceitos astronômicos trazidos pela BNCC. Além disso, tais atividades despertaram a curiosidade dos alunos e contribuíram para o processo de alfabetização científica, no entanto, percebeu-se que ainda existem muitas barreiras a serem superadas, tais como a falta de recursos didáticos/paradidáticos apropriados, salas adequadas, ausência de computadores nas escolas, falta de formação específica para os professores, entre outros fatores. Portanto, conclui-se que este trabalho, por meio da aplicação da sequência didática, torna-se uma importante ferramenta educacional e contribui para o processo de letramento científico do aluno. Assim, espera-se que o material aqui construído possa ser utilizado em outros contextos, por outros docentes, a fim de se explorar a área da Astronomia cultural na Educação Básica.

     

  • EUDIMAR FLOR DOS SANTOS
  • INSERÇÃO DE TEMAS DE ASTRONOMIA NO ENSINO MÉDIO: UMA PERSPECTIVA DE ENSINO PRESENCIAL E REMOTO.

  • Data: 23/02/2022
  • Mostrar Resumo
  • Este trabalho apresenta uma proposta de inserção de temas de Astronomia nas escolas em nível de Ensino Médio, aplicável tanto sob as perspectivas de aulas presenciais quanto remotas. O objetivo almejado é o aumento do engajamento discente nas aulas, por meio da introdução de temas não contemplados nas grades curriculares regulares e que não requerem demasiados conhecimentos matemáticos prévios, como é o caso da formação planetária. Espera-se com essa iniciativa, colaborar para a redução da defasagem educacional constatada nas áreas de ciências físicas e a consequente aproximação do aluno de informações científicas mais precisas e modernas. Nesta perspectiva, esta dissertação apresenta como produto educacional a elaboração de dois planos de aula e uma apostila que auxilie o professor a tratar da formação do Sistema Solar com base no Modelo de Nice. Uma investigação preliminar realizada com professores de diferentes regiões do país indica uma predisposição docente ao sucesso da implementação dessa intervenção metodológica. O produto educacional foi aplicado em uma turma do primeiro ano do ensino médio, no qual foi verificado que os estudantes não tinham o conhecimento sobre a formação do sistema solar segundo o modelo de Nice, além de conhecer o modelo de formação do sistema solar fato verificado nas respostas dos questionários aplicados durante a aplicação do produto, os objetivos foram alcançados isso incluindo a questão motivacional que foi verificado com a interação dos alunos durante a aula.

  • DANIELE SOCORRO RIBEIRO DA SILVA
  • USO DE UM SIMULADOR COMPUTACIONAL MÓVEL ALIADO À METODOLOGIA ATIVA “SALA DE AULA INVERTIDA” NO PROCESSO DE ENSINO E APRENDIZAGEM DO EFEITO COMPTON.

  • Data: 28/01/2022
  • Mostrar Resumo
  • Essa dissertação tem como objetivo propor o Ensino de Efeito Compton na Educação Básica, a partir das orientações da Metodologia Ativa (MA) “Sala de Aula Invertida” e do uso de um simulador computacional, mobilizado em aparelho móvel, com vistas à abordagem CTSA. Nesse sentido, considera-se a premissa de que o ensino de Física Moderna (FM) nas escolas passa por um momento delicado quanto aos efeitos de aprendizagem dos alunos, tendo em vista que se apresenta ainda demasiadamente abstrato aos discentes, o que não favorece uma aprendizagem mais concreta da física. A Fundamentação Teórica está alojada na perspectiva interdisciplinar entre os estudos sobre FM, ensino de física e MA. Entende-se que as interfaces mantidas entre tais correntes teóricas podem apresentar possibilidades consistentes às análises propostas nesse trabalho. A Metodologia da Pesquisa é caracterizada como uma abordagem quali-quantitativa, ao considerar que as intervenções de investigação originaram dados, os quais foram tabulados e transformados em porcentagens capazes de significar os impactos acarretados na rotina dos alunos, bem como no progresso cognitivo dos mesmos. A presente pesquisa foi desenvolvida juntamente aos alunos do Ensino Médio de escolas públicas, localizadas no município de Bragança, Estado do Pará. Como critérios para seleção dos sujeitos de pesquisa, optou-se por alunos da 3ª série do Ensino Técnico integrado ao Ensino Médio do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Pará (IFPA), devidamente matriculados e assíduos nas aulas no modelo remoto. Os dados foram coletados a partir da aplicação de uma sequência didática sobre FM, aplicada aos discentes no decorrer de três encontros virtuais. Os dados revelam que a intervenção proposta gerou resultados satisfatórios, tendo em vista que os alunos ficaram satisfeitos com a proposta ativa de sala de aula invertida. Isso, por sua vez, aperfeiçoou habilidades de cognição e raciocínio nos alunos, ao passo que a tecnologia móvel ganhou lugar de instrumento mediador do conhecimento. Espera-se que essa pesquisa possa render desdobramentos futuros no contexto de investigação acadêmica, de maneira a colaborar constantemente com a educação brasileira e com um ensino de física mais real.

  • LUCIANA DA CRUZ BARROS
  • Ensino e aprendizagem dos conceitos de Absorção, Emissão Espontânea e Emissão Estimulada de Radiação, através de Objetos Digitais de Aprendizagem.

  • Data: 10/01/2022
  • Mostrar Resumo
  • Os avanços científicos e tecnológicos proporcionados pela Física Moderna e Contemporânea têm impactado o cotidiano de todos na sociedade moderna. Entretanto, o currículo da educação básica persiste em trabalhar, na maioria das vezes, com a abordagem exclusiva de tópicos da Física Clássica, associados a métodos tradicionais de ensino. Na perspectiva de romper este paradigma de ensino de Física focado na Física Clássica e em metodologias ultrapassadas, esta dissertação tem por objetivo geral propor e aplicar uma Sequência Didática que envolva tópicos de Física Moderna e Contemporânea relacionados à Interação da Radiação com a Matéria, para estudantes da educação básica, sob uma perspectiva inovadora que utilize Tecnologias Digitais de Informação e Comunicação, associadas às Metodologias Ativas de ensino e aprendizagem, sob a ótica das Teorias de Educação Libertárias, representada por Freire e Lipman e, também, as Teorias de Aprendizagem Significativa de Ausubel e a Aprendizagem Crítica de Moreira. Na Sequência Didática foram abordados, especificamente, a absorção; a emissão espontânea e a emissão estimulada de energia em um átomo de dois níveis, por meio da junção das Metodologias Ativas: Ensino Híbrido/Sala de Aula Invertida e os Três Momentos Pedagógicos de Delizoicov, Angotti e Pernambuco. Além disso, como ferramenta de apoio da Sequência Didática foi desenvolvido um site educativo, com os seguintes Objetos Digitais de Aprendizagem implementados: animação produzida no software Scratch®; simulação computacional Rad&Mat produzida no software Blender®; mapas conceituais e mentais produzidos no software Cmaptools®; hipertextos e questionários avaliativos desenvolvidos na plataforma Google Workspace®. As intervenções didático-pedagógicas ocorreram de maneira totalmente remota, com 69 alunos do Ensino Fundamental e Médio da rede pública do interior do Pará, resultando na construção e consolidação do processo de ensino e aprendizagem dos temas supracitados, conforme os dados apurados. 

2021
Descrição
  • EMERSON CUIMAR PAZ
  • FÍSICA TÉRMICA A PARTIR DE UM BIODIGESTOR DIDÁTICO: UMA EXPERIÊNCIA COM ALUNOS DO SEGUNDO ANO DO ENSINO MÉDIO.

  • Data: 22/12/2021
  • Mostrar Resumo
  • Esta dissertação propõe uma metodologia para o estudo de termologia, em especial o Estudo dos Gases Ideais, com viés interdisciplinar, estabelecendo uma conexão dos componentes curriculares Física e Biologia, a partir do funcionamento de um biodigestor didático. Esta proposta surge a partir das exigências da Base Nacional Comum Curricular (BNCC), em que as disciplinas das Ciências Naturais agora estão todas incluídas na área de conhecimento Ciências da Natureza e suas Tecnologias e devem ser ensinadas a partir de temas, como Matéria e Energia. Também se buscou como referência os Parâmetros Curriculares Nacionais (PCNs), onde se propõe ensino interdisciplinar entre as ciências da natureza. O biodigestor pode proporciona uma aprendizagem significativa, bem como buscar uma correlação interdisciplinar, pautada pela pesquisa-ação, onde os participantes observam fenômenos reais enquanto aprendem temas de Física. Seu funcionamento permite estudar o comportamento dos gases, bem como, de maneira interdisciplina, estudar a dinâmica da energia na natureza. O produto educacional contou com a fundamentação teórica da Teoria da Aprendizagem Significativa (TAS). Para a avaliação, foram usados questionários e mapas conceituais. A aplicação da pesquisa ocorreu em uma turma de 2º ano do Ensino Médio de uma escola pública do Estado do Pará. A pesquisa é do tipo quantitativa e qualitativa, de caráter aplicativa, visando contribuir com o ensino de Física, mais especificamente o Estudo dos Gases Ideais. Também foi de caráter exploratória, lançando mão de pesquisa bibliográfica, aplicação de questionário e etc. Como método, foi aplicado a pesquisa-ação, onde o professor teve participação junto aos sujeitos da pesquisa, os discentes. Com base nos dados obtidos, percebeu-se que, de modo geral, os alunos conseguiram aprender significativamente os conceitos de Física Térmica envolvidos no funcionamento do biodigestor, bem como relacionar a atividade com outras disciplinas, como biologia, por meio do tema unificador
    Energia.

     

  • JOSÉ DE SOUSA LEITE
  • A RADIAÇÃO DO CORPO NEGRO EM UMA SEQUÊNCIA DIDÁTICA POTENCIALMENTE SISTÊMICA COM O USO DA CONTAÇÃO DE HISTÓRIA.

  • Data: 01/07/2021
  • Mostrar Resumo
  • Faz-se urgente desenvolver e aplicar atividades educacionais que atendam a complexidade humana. Para tanto, deseja-se apresentar e aplicar a história do garoto Physis para ensinar o tema da Radiação do Corpo Negro. Assim, fica proposto a elaboração de uma sequência didática potencialmente sistêmica com o uso da arte narrativa sobre os conceitos, os problemas e os postulados do corpo negro. Desta maneira, defende-se o uso da teoria da Complexidade de Edgar Morin (2003) como fundamento dessa prática. Nela, Morin (2015) ensina sobre a necessidade de se romper com a educação fragmentada e recomenda a instigação da curiosidade dos discentes. Isto facilitará a formação física, cultural, social, psíquica e emocional dos sujeitos. Deste modo, ressalta-se que o trabalho foi permeado pela teoria do Pensamento Complexo de Edgar Morin, valorização da arte narrativa, utilização da história “O mundo mágico de Physis com Lorde Kelvin e as duas nuvenzinhas” e sequência didática aplicada aos alunos do 3º ano do ensino médio. A didática ocorreu em cinco etapas, cada uma composta de duas horas aulas (50 minutos cada hora aula) semanais, seguindo as recomendações e cuidados de proteção do novo coronavírus (COVID-19). Sendo que a última ocorreu de forma remota (google formulário) - resolução do questionário 3 (avaliação da aplicação do produto educacional). No decorrer das aulas, desenvolveu-se um diagnóstico (identificar os conhecimentos prévios), uma aula dialogada (power point), um momento de trabalho em grupo, socialização de ideias e dúvidas e, por fim, apresentações finais (maquete, encenação, flanelógrafo, fantoche, etc.). A teoria utilizada e a técnica de ensino referenciada se confirmou ser eficiente por meio das informações coletadas. Foi evidenciado que a arte narrativa torna o conteúdo escolar relevante, contagiante e impactante. Por outro lado, notou-se que o uso de arte narrativa como técnica de ensino se acha ausente no último seguimento da Educação Básica. Enfim, os resultados conferem ao professor de física mais uma opção para dinamizar e melhorar suas aulas. 

  • LEANDRO CARLOS LIMA FREITAS
  • ENSINO DO MODELO ATÔMICO DE BOHR NO ENSINO MÉDIO A PARTIR DA CONTEXTUALIZAÇÃO COM A ESPECTROSCOPIA ESTELAR E DO USO DO RPG EDUCACIONAL.

  • Data: 30/06/2021
  • Mostrar Resumo
  • Este trabalho tem por objetivo ensinar o modelo atômico de Bohr, a partir da perspectiva da Mecânica Quântica, no Ensino Médio, utilizando a contextualização com Astronomia, bem como utilizar a gameficação, a partir da criação de uma aventura de RPG, de modo a oferecer um exemplo de metodologia ativa de ensino nesta área. O produto educacional resultante desta dissertação é a criação de uma aventura de RPG com a temática em questão. Acredita-se que o uso do jogo de RPG como estratégia de ensino nas aulas de Física possa despertar o interesse dos alunos pela disciplina, bem como potencializar uma aproximação dos conceitos teóricos de Física em situações vivenciadas por eles. O referencial teórico está apoiado no alinhamento construtivista de Biggs, e na teoria sociointeracionista de Vygotsky. Os instrumentos de avaliação foram os questionários pré e pósaplicação, e observação de atitudes durante o jogo de RPG. Com as análises dos materiais coletados, bem como das observações feitas ao longo do processo de sequenciamento didático e aplicação do jogo, foi possível perceber se houve indícios de aprendizagem, por parte dos alunos. 

  • CLÁUDIO ALVES DA SILVA
  • ESTUDO DA SEGUNDA LEI DA TERMODINÂMICA VIA ROTAÇÃO POR ESTAÇÕES.

  • Data: 25/05/2021
  • Mostrar Resumo
  • A presente proposta versa sobre relato de experiência da aplicação de um produto educacional, mediante metodologia baseada nos modelos híbridos do ensino de Física, em específico o currículo da segunda lei da termodinâmica, para alunos da segunda série do Ensino Médio. Utiliza-se o modelo rotacional intitulado metodologia ativa, rotação por estações para estudo teórico-prático e experimental. Tendo, portanto, o propósito de contribuir para o processo de ensino e aprendizagem, favorecendo aos alunos um conhecimento proficiente, cuja dinâmica e concepção atrativa do currículo em estudo configura-se como um caminho para a concretização da aprendizagem. Como caminho metodológico da proposta, o Centro de Ensino Darcy Ribeiro será o local de análise em campo. Os sujeitos em estudo compõem a turma 200 da referida escola pública da rede estadual, com sede na cidade de Açailândia-MA. Esse universo de análise, ou seja, os alunos, têm-se como referência de quantidade os dados do educacenso de 2020. Com a aplicação da proposta metodológica de ensino, os alunos e professores responderão ao um questionário fechado, que objetivará uma análise da aplicabilidade do método, bem como da aprendizagem proficiente. Tais dados serão analisados pelo escopo da pesquisa tanto quantitativa como qualitativa, e também será alicerce para a dissertação. 

  • RAIMUNDO NASCIMENTO DOS SANTOS MEDRADO
  • TEORIA DO BIG BANG E EXPANSÃO DO UNIVERSO: DESENVOLVIMENTO DE UM MANUAL COM TRANSPOSIÇÃO DIDÁTICA VOLTADO PARA O ENSINO DE ALUNOS DO ENSINO MÉDIO.

  • Orientador : LUIZ MOREIRA GOMES
  • Data: 08/04/2021
  • Mostrar Resumo
  • Neste trabalho foi desenvolvido um manual com transposição didática visando o ensino no Ensino Médio dos temas Teoria do Big Bang e a Expansão de Universo. O material produzido tem o objetivo de fornecer subsídio ao professor no planejamento e metodologia para o ensino destes temas de Física no Ensino Médio. O manual desenvolvido foi aplicado em turmas da 1ª série do ensino médio do Centro de Ensino Professor Antônio Carlos Beckman, na cidade de Açailândia, no Maranhão, com resultados bastante promissores. 

  • ALAÍS ESPIRITO SANTO DA SILVA
  • GUIA DIDÁTICO E O JOGO DO UNIVERSO: O ENSINO DE ASTRONOMIA EM CIÊNCIAS NO 9º ANO.

  • Data: 24/03/2021
  • Mostrar Resumo
  • A disciplina de Ciências no ensino fundamental especificamente no 9º ano, abraça uma gama de conteúdos já direcionados para a Física, alguns destes estão relacionados diretamente com a Astronomia. No entanto, o ensino desta temática ainda não é satisfatório para alcançar as competências exigidas pela Base Nacional Comum Curricular, pois esbarramos na precariedade do tempo dedicado para planejamento, particularmente na rede pública municipal de ensino. Neste sentido, pensando nessa ausência de hora atividade e na produção de um material didático que facilite o processo de transmissão dos conteúdos, propõe-se como produto educacional, um Guia Didático e o jogo do Universo, abordando em sua composição conteúdos de astronomia referente ao último ano do ensino fundamental. A pesquisa tem abordagem qualitativa e tem por base teórica a aprendizagem significativa proposta por David Ausubel, onde é levado em consideração os conhecimentos prévios que os alunos trazem consigo e inferindo os conceitos científicos inerentes a cada tema, organizados em uma sequência didática para o ensino de Astronomia na disciplina de Ciências. Essas aulas apresentam atividades e metodologias à serem aplicadas fazendo uso de vídeos, experimentos e aplicativos gratuitos, propiciando ao aluno que seja figura ativa do seu processo de aprendizagem. Após a elaboração deste guia e do jogo do Universo, eles foram aplicados em seis turmas do 9ºano do ensino fundamental de uma Escola Municipal e em duas turmas de uma Escola da rede privada, ambas localizada na cidade de Marabá no estado do Pará, num total de 120 alunos, em parceria com os professores de Ciências das respectivas turmas. Antes de iniciar a execução do produto, foi aplicado um questionário objetivo com 24 perguntas, afim de coletar dados sobre os conhecimentos prévios, que seriam mais tarde trabalhados em sala de aula. Após trabalharmos a sequência didática e finalizar a mesma com o jogo do universo, o questionário foi reaplicado para observar se houve resultado em forma de aprendizagem por parte destes alunos e diante da coleta desses dados, foi feita a sistematização desses resultados coletados, observando um crescimento significativo da aprendizagem, despertando curiosidade sobre o assunto estudado. Vale ressaltar, que além de conhecimento, a relação entre professor e aluno estreitaram-se gerando maior entrosamento e confiança no processo de ensino. 

2020
Descrição
  • DANIEL FERNANDES CARNEIRO
  • GRANDEZAS ESCALARES E VETORIAIS E SUAS ATRIBUIÇÕES NA FÍSICA PARA A EDUCAÇÃO BÁSICA: Vídeo e Jogo no Simulador Blender como Suporte Educacional.

  • Data: 17/12/2020
  • Mostrar Resumo
  • Neste trabalho, descrevemos sobre as aplicações das grandezas físicas escalares e vetoriaisno conteúdoda cinemática e da dinâmica, visando um entendimento mais amplo sobre grandezas, seus conceitos, métodos e o equacionamento de situações-problema.  Mostra-se como o ensino da física vem sendo organizado desde a criação da LDB nº 9.394/96 com os PCNs, PCNEM, até a nova Base Nacional Comum Curricular de ensino, a BNCC, proposta pelo MEC, que foi aprovada recentemente. Ainda, aborda-se a utilização de métodos de ensino que possam ser eficazes para o ensino aprendizagem em prol da diminuição das dificuldades que os alunos têm ao assimilar os conteúdos programáticos. Bem como a compreensão de como o ensino da física pode tornar-se relevante para os avanços sociais, culturais e tecnológicos das futuras gerações. Descreve ainda, sobre a falta de recursos didáticos, recursos humanos, ou seja,profissionais capacitados para atuar como professores de física.  Apresentamos os resultados de uma pesquisa realizada com os alunos da primeira série do Ensino Médio, visando contemplar uma Sequência de Ensino Investigativo (SEI) sobre a física e suas aplicações, sobre o desenvolvimento do produto educacional em sala de aula e também os métodos de ensino adotados pelos professores das ciências naturais na educação básica. Descrevemos ainda sobre a aprendizagem significativa de David Ausubel, as propostas curriculares das ciências da natureza e suas tecnologias, promovidas pelo Ministério da Educação (MEC), além de outros pesquisadores renomados.Que este trabalho possa ser usado como ferramenta de ensino das Ciências Naturais pelas pessoas interessadas em ampliar seus conhecimentos nesse contexto.

  • ROGERIO RUIZ DO AMARAL
  • ENSINO DE ENERGIA MECÂNICA ATRAVÉS DA ROBÓTICA

  • Data: 01/10/2020
  • Mostrar Resumo
  • Nesta dissertação temos como objetivo principal o ensino de Energia Mecânica com ênfase na parte prática, utilizando para isso a ferramenta pedagógica – Robótica Educacional. A Teoria da Aprendizagem Significativa proposta por David Ausubel foi utilizada nesse trabalho, afim de embasar as ações de interação e socialização entre professor-aluno e aluno-aprendizagem. Por meio de dois roteiros de aplicação da prática, a teoria de Energia e Trabalho foi aplicada, para propiciar ao aluno um contato com a Robótica e alguns conceitos básicos, criando a possiblidade de um aprendizado mais atrativo entre os conceitos de grandezas físicas envolvidas. Para melhor interação entre teoria e prática a Robótica foi utilizado por meio de dois kits: o Robô Falcon e um Braço Robótico. O trabalho foi desenvolvido no Centro de Ensino Professor Antônio Carlos Beckman, na cidade de Açailândia-Ma. Após realizar as práticas e submeter os alunos a um questionário, foi possível observar que uma porcentagem acima de 60% dos alunos acertou perguntas sobre energia cinética e potencial em contextos diferentes. Com isso, concluímos que os experimentos aplicados e a relação entre professor e aluno, confirmaram a eficácia da sequência didática apresentada para o ensino de energia mecânica com a utilização de robótica.

  • JANCLEI MENDES RAMOS
  • O USO DO JOGO DE XADREZ COMO METODOLOGIA PARA O ENSINO DE VETORES.

  • Data: 17/08/2020
  • Mostrar Resumo
  • Considerando as dificuldades que os discentes apresentam em assimilar o conteúdo de vetores presente na disciplina de física, aliada a metodologia de ensino na grande maioria das vezes tradicional, ainda usada nos dias atuais, a qual consiste basicamente em repassar de forma mecânica os conteúdos, o presente trabalho tem como objetivo desenvolver o produto educacional xadrez vetorial, como instrumento para ensino desses conceitos através de analogias gráficas, algébricas e numéricas estimulando bastante o raciocínio lógico do aluno. Para tanto, utilizou-se uma metodologia quantitativa e qualitativa baseada na aplicação de dois questionários, três provas e um torneio embasados nas etapas diferenciadas de aulas realizadas em duas turmas do 3° ano do ensino médio. Nesse trabalho apesar de uma certa rejeição inicial por alguns alunos, foi evidente a evolução de muitos discentes no decorrer das etapas do trabalho melhorando bastante seu desempenho conforme veremos nos gráficos bem como o envolvimento das turmas tanto que surgiram algumas sugestões de melhorias no produto educacional. Percebe-se uma relevância no trabalho realizado, buscando inovações, estimulando aspectos importantes nas pessoas, como por exemplo interação social, disciplina, autorreflexão, tomadas de decisões, entre outras. 

  • MARCIO QUEIROZ DE OLIVEIRA
  • USO DE SOFTWARE GRÁFICO COMO FERRAMENTA METODOLÓGICA PARA INSERÇÃO DE TÓPICOS DE MECÂNICA VIBRATÓRIA NO ENSINO MÉDIO.

  • Data: 29/06/2020
  • Mostrar Resumo
  • As ferramentas computacionais são uma alternativa para os professores no enriquecimento das aulas de física, promovendo estratégias de ensino aos alunos e facilitando a compreensão e o desenvolvimento de habilidades. Há uma grande problemática nos alunos em compreender os temas de vibrações aplicados. A falta da devida contextualização e a recorrência exclusiva ao formalismo matemático em um cenário de estudantes com defasagem de ensino são fatores que dificultam o processo de construção do saber. Nessa perspectiva, os softwares educacionais apresentam uma alternativa de intervenção metodológica na compreensão de conteúdo, visto que simulações são facilitadoras no entendimento de fenômenos físicos. Sendo assim, este trabalho propõe o uso do software gráfico Gnuplot como ferramenta para a obtenção de melhores resultados no processo de ensinoaprendizagem. Partindo de uma investigação preliminar distribuída para professores de diferentes regiões do país, um conjunto de roteiros do software de fácil manipulação foi desenvolvido com o objetivo de auxiliar aos professores na inserção de tópicos de Mecânica Vibratória durante as aulas de Física do ensino médio. Os scripts/roteiros permitem a construção de gráficos e animações que descrevem a resposta de diversos sistemas em função do tempo ou outros parâmetros.

  • EDNA MARIA DINIZ PIMENTA
  • UM JOGO DE TABULEIRO PARA ENSINAR E APRENDER FÍSICA“NA TRILHA DO V ou F”

  • Data: 26/05/2020
  • Mostrar Resumo
  • O trabalho apresentado tem como objetivo contribuir para melhorar o ensino-aprendizagem da Física e torná-lo mais atrativo, de forma contextualizada, motivadora e mais divertida, ofertando ao aluno a possibilidade de aprender brincando. Sendo assim, o jogo de tabuleiro “NA TRILHA DO V ou F” foi confeccionado usando questões conceituais de Eletrodinâmica, distribuídas em cartas, cada uma contendo duas questões com alternativas “verdadeiro ou falso”, sendo que os jogadores (alunos) devem ler a justificativa das questões falsas que possivelmente apresentem-se na jogada. No produto dessa dissertação consta o manual do jogo, que deverá ser lido atentamente pelos jogadores (alunos) e acompanhado pelo mediador (professor). Portanto, esse jogo de tabuleiro pode ser utilizado como um sinônimo de ludicidade, de modo que possa permitir o aumento das habilidades intelectuais e afetivas dos envolvidos no processo. No contexto teórico, a proposta do produto educacional fundamentase na aprendizagem significativa de David Paul Ausubel (1918-2008). A metodologia utilizada na proposta didática contou com a aplicação de questionários avaliativos de aprendizagem, que têm como finalidade neste momento avaliar o nível de aprendizagem dos alunos sobre a Eletrodinâmica e os resultados nessa primeira etapa foram apresentados em forma de gráficos, após a correção e a análise dos dados obtidos. A aplicação do jogo “NA TRILHA DO V ou F” ocorreu nas turmas de 3º ano do Ensino Médio na Escola Estadual de Ensino Médio Walkise da Silveira Vianna na cidade de Marabá/PA, e apresenta-se como um instrumento didático pedagógico e a principal função deste produto é auxiliar o professor nas aulas de Física, de forma que o ensino de Eletrodinâmica se apresente de uma maneira mais significativa.

  • EDNA MARIA DINIZ PIMENTA
  • UM JOGO DE TABULEIRO PARA ENSINAR E APRENDER FÍSICA “NA TRILHA DO V ou F"

  • Data: 26/05/2020
  • Mostrar Resumo
  • O trabalho apresentado tem como objetivo contribuir para melhorar o ensino-aprendizagem da Física e torná-lo mais atrativo, de forma contextualizada, motivadora e mais divertida, ofertando ao aluno a possibilidade de aprender brincando. Sendo assim, o jogo de tabuleiro “NA TRILHA DO V ou F” foi confeccionado usando questões conceituais de Eletrodinâmica, distribuídas em cartas, cada uma contendo duas questões com alternativas “verdadeiro ou falso”, sendo que os jogadores (alunos) devem ler a justificativa das questões falsas que possivelmente apresentem-se na jogada. No produto dessa dissertação consta o manual do jogo, que deverá ser lido atentamente pelos jogadores (alunos) e acompanhado pelo mediador (professor). Portanto, esse jogo de tabuleiro pode ser utilizado como um sinônimo de ludicidade, de modo que possa permitir o aumento das habilidades intelectuais e afetivas dos envolvidos no processo. No contexto teórico, a proposta do produto educacional fundamentase na aprendizagem significativa de David Paul Ausubel (1918-2008). A metodologia utilizada na proposta didática contou com a aplicação de questionários avaliativos de aprendizagem, que têm como finalidade neste momento avaliar o nível de aprendizagem dos alunos sobre a Eletrodinâmica e os resultados nessa primeira etapa foram apresentados em forma de gráficos, após a correção e a análise dos dados obtidos. A aplicação do jogo “NA TRILHA DO V ou F” ocorreu nas turmas de 3º ano do Ensino Médio na Escola Estadual de Ensino Médio Walkise da Silveira Vianna na cidade de Marabá/PA, e apresenta-se como um instrumento didático pedagógico e a principal função deste produto é auxiliar o professor nas aulas de Física, de forma que o ensino de Eletrodinâmica se apresente de uma maneira mais significativa.

  • GLEYBISON DE QUEIROZ NUNES
  • USO DE UM TUBO DE RAIOS CATÓDICOS COM COMPONENTES ALTERNATIVOS: UMA FERRAMENTA PARA O ENSINO DE ELETRICIDADE

  • Data: 25/05/2020
  • Mostrar Resumo
  • Este trabalho é proposto com o intuito de se compreender a importância em obter o mais alto grau no desenvolvimento de habilidades e competências relativas ao ensino da Física nas escolas públicas do país, contemplando, de forma sistemática, as diversas ações que o compõem, a fim de atender da melhor maneira possível alunos e professores. Acredita-se que a realização de experiências em aulas práticas envolvendo os assuntos estudados seria fundamental para a compreensão desses conteúdos, promovendo, consequentemente, o desenvolvimento da aprendizagem. Entretanto, a grande maioria das escolas públicas brasileiras não possui laboratórios multidisciplinares, e quando esses existem, o problema acaba sendo a falta de equipamentos para demonstração de fenômenos físicos que, no caso dessa dissertação, são os elétricos. Isso se deve principalmente ao fato de que materiais para estudar esses tipos de fenômenos são caros. Diante disso, o objetivo deste trabalho foi a construção de um tubo que permita visualizar raios catódicos, e que seja de baixo custo, se torna muito interessante. Fazendo uso de algumas adaptações e equipamentos eletrônicos alternativos é possível montar esse experimento com um orçamento em torno de R$ 223,00 (duzentos e vinte e três reais). Além da questão financeira, vale ressaltar os conceitos físicos que podem ser trabalhados com esse equipamento. Nesse sentido, a partir do uso de coleta de informações, foi feita uma análise criteriosa sobre a eficácia ou não do uso de experimentos que mostrem, na prática, fenômenos físicos no processo de ensino-aprendizagem da disciplina de Física. Constatou-se, de forma geral, que grande parte das dificuldades dos alunos em relação a essa disciplina ocorre pelos difíceis conceitos matemáticos, que se baseiam em teorias e fórmulas. Portanto, tanto para alunos, quanto para professores, a utilização de experimentos práticos seria extremamente atraente e eficaz para os processos de aquisição de conhecimento sobre o tema. Além disso, afirma-se que o aparato é eficaz, tendo apresentado resultado satisfatório e, sendo assim, possui plenas condições de ser levado ao mercado. 

  • ANTONIO FRANCISCO DOS SANTOS SOUZA
  • SOFTWARE DE SIMULAÇÃO DE CIRCUITOS ELÉTRICOS MULTISIM E CONSTRUÇÃO DE PLACA DE CIRCUITO IMPRESSO CAPAZ DE MEDIR RESISTÊNCIA EQUIVALENTE

  • Data: 11/05/2020
  • Mostrar Resumo
  • Este trabalho constitui-se como uma ferramenta para que professores e alunos da educação básica possam verificar através de simulações de circuitos elétricos, os princípios apresentados teoricamente em aulas de física no terceiro ano do ensino médio. A proposta consiste em construir um conjunto de simulações na disciplina de física que possam servir de instrumentos didático-pedagógicos para o ensino de física a partir do manuseio do software de simulaçãoMultisim 13.0. Baseado nessa proposta surgiu a ideia de criar um experimento para medição de resistência equivalente de baixo custo e fácil montagem, ou seja, qualquer professor do ensino médio pode montá-lo para aplicação em sala de aula. O experimento será montado em uma placa fenolítica acoplada ao Arduíno, uma plataforma de prototipagem de preço acessível e fácil manipulação, e um display LCD para visualização do resultado. O circuito foi traçado de forma a permitir as configurações de resistência em série, paralelo, misto, estrela e triângulo. Quanto à estruturação da metodologia da proposta didática, foram considerados alguns pressupostos das teorias da aprendizagem e principalmente das ideologias de Carvalho 2014, que pressupõem um ambiente educacional investigativo.De modo geral, pode-se dizer que a aplicabilidade da atividade experimental foi de grande importância para a escola, pois, neste primeiro momentode atuação junto aos alunos do Ensino Médio da rede de ensino público os resultados obtidos foram satisfatórios. Portanto a aplicação desse trabalho demonstrou que as atividades experimentais utilizando o Arduino e software de simulação nas aulas, além de interessante, contribuem de forma significativa com o aprendizado dos alunos.

     

  • LUIS EDUARDO DE OLIVEIRA PONTES
  • UTILIZAÇÃO DE UM E-BOOK COMO FERRAMENTA EDUCACIONAL PARA O ENSINO DA TEORIA DA RELATIVIDADE ESPECIAL

  • Data: 17/04/2020
  • Mostrar Resumo
  • Considerando a crescente nos conhecimentos científicos contemporâneos e suas influências no entendimento do mundo atual, a presença cada vez mais marcante das tecnologias no cotidiano e a necessidade de conectar o estudante e adaptá-lo a essa realidade, este trabalho foi desenvolvido com a finalidade de fornecer alternativas metodológicas para o processo de ensino e aprendizagem da Física Moderna, com foco na Teoria da Relatividade Especial, no Ensino Médio. Foi elaborado um E-book, a ser aplicado em uma sequência de aulas, atividades e leituras, que em conjunto, norteiem a aprendizagem, contextualizando o conhecimento trabalhado de modo a produzir sentido aos conteúdos estudados em sala de aula. Como uma TIC, o E-book se mostra como uma eficaz ferramenta capaz de motivar o estudante a buscar informações e organizar esse conhecimento, seja pelas possibilidades de ampliação das relações com aplicações no mundo atual, seja pela facilidade de acesso e gosto pessoal dos estudantes por mídias digitais, internet e socialização de informações. Os resultados obtidos são satisfatórios, e representam uma ferramenta com potencial significativo para a evolução das práticas pedagógicas.

  • GILMAR ALVES DE SOUZA
  • KIT EXPERIMENTAL DE ELETRICIDADE - UMA FERRAMENTA FACILITADORA DO PROCESSO DE ENSINO E APRENDIZAGEM EM FÍSICA.

  • Data: 17/04/2020
  • Mostrar Resumo
  • O presente trabalho apresenta uma sugestão didática voltada à realização de atividade experimental utilizando o kit experimental como instrumento de ensino aprendizagem com alunos do ensino médio de uma escola da rede pública estadual na cidade de Brejo Grande do Araguaia - Pará. Destaca-se sobre aplicação do conteúdo de Física com ênfase em alguns conceitos de Eletricidade por meio de experimentos (kit experimental) potencialmente significativos para o ensino aprendizagem eficiente. Essas atividades têm essencial importância na metodologia de ensino aprendizagem, pois são as próprias que agregam a teoria e a prática, a ciência e o dia a dia do estudante. Acredita-se que não basta apenas planejar uma nova sugestão de atividade de ensino, é necessário que tal sugestão seja acessível e praticável para maior parte dos professores. É preciso fornecer apoio aos professores por meio de um material de base, para que possam potencializar e incrementar suas atividades pedagógicas referentes à experimentação. Nesse contexto surge a ideia de desenvolver um kit experimental didático usando materiais que possam ser encontrados facilmente e que sejam de baixo custo. A ideia é que o próprio professor construa o kit, sem gastar muitos recursos financeiros e tempo. Pois a carga horária da disciplina de Física são apenas 03 (três) aulas por semana dificultando a construção do kit. Tudo isso, no sentido de permitir um fácil acesso às atividades experimentais e à relação da teoria com a prática dos temas trabalhados nas aulas. No campo teórico, o trabalho fundamentase na aprendizagem significativa de Ausubel. A metodologia utilizada nesse trabalho contou com a aplicação de um instrumento pedagógico e avaliação, respectivamente, roteiros e questionários avaliativos de aprendizagem. Este instrumento permitem estruturar as atividades e avaliar o nível de compreensão, de satisfação a respeito dos conceitos desenvolvidos nos experimentos. Portanto, os resultados são apresentados por meio de gráficos, após a análise e correlação dos dados adquiridos pelos alunos. Enfim, conclui-se que o desenvolvimento de atividades usando o kit experimental que tem como finalidade possibilitar ao aluno conhecer, comparar e utilizar os conceitos físicos apresentados relacionando no seu dia a dia. Além disso, as atividades buscam desenvolver a capacidade de investigação física para que o estudante seja capaz de classificar, organizar, sistematizar, identificar regularidades, capacidade de execução, aliadas a teorias de ensino e a instrumentos pedagógicos de avaliação que proporcionam resultados satisfatórios para o ensino aprendizagem de Física.

  • BRUNO MEDEIROS QUARESMA
  • DYNAMIS: jogo de tabuleiro para introdução de termodinâmica no Ensino Médio.

  • Data: 14/04/2020
  • Mostrar Resumo
  • O presente trabalho visou facilitar o ensino de física, promovendo uma metodologia capaz de contribuir com a melhoria na qualidade do ensino público, em especial na E.E.E.M Profª Ernestina Pereira Maia, localizada em Moju/PA, através de um produto educacional no formato de um jogo de tabuleiro denominado DYNAMIS. Lançando mão de metodologias lúdicas como jogos de tabuleiros, pode-se contribuir de forma eficaz com o processo educacional, uma vez que, oportunizam a interação, o raciocínio, o compartilhar e o rivalizar com alguém que você ver, aprendendo a ganhar e a perder. Os jogos facilitam a assimilação dos objetos de conhecimento propostos para o componente curricular física, tornando as aulas mais dinâmicas, atrativas e com participação direta dos alunos na construção do conhecimento, minimizando dessa forma as taxas de evasão e reprovação escolar, além de despertar o interesse e curiosidade dos alunos. Criou-se o jogo DYNAMIS com o propósito de dar suporte ao processo de ensino-aprendizagem dos objetos de conhecimento básicos de Física I e II com ênfase em termodinâmica (calorimetria e termometria). Fez-se, o uso de perguntas diretas, objetivando respostas no menor tempo possível. DYNAMIS oportuniza uma competição ágil e saudável entre os alunos e foi desenvolvido com recursos de informática e materiais de fácil acesso como: bonecos de madeira pintados representando cinco mentes brilhantes (Aristóteles, Galileu, Newton, Faraday e Einstein), papel A3, papel couchê, impressora, banner e dado de plástico. O jogo foi aplicado para 105 (cento e cinco) alunos distribuídos em 04 turmas pertencentes aos 2º e 3º anos da instituição de ensino e alcançou o resultado expressivo de 67% de acertos, do total de 90 perguntas realizadas. DYNAMIS aguçou a curiosidade dos alunos em relação aos temas: mentes brilhantes, estrelas e planetas. A partir dos resultados alcançados compreende-se que essa pesquisa pode ser empregada como auxílio no processo de ensino-aprendizagem, uma vez que, além da quantidade de acertos, outros dados determinantes para sua implementação nas práticas docentes foi que 81% dos alunos atribuíram os conceitos 9,0, 9,5 e 10 ao jogo e 90% responderam que esse pode ser utilizado como ferramenta para facilitar o ensino de física.

  • THAYNARA CARVALHO DE FARIA MARQUES
  • TERMIQUIZ: UM JOGO VIRTUAL COMO FACILITADOR DA APRENDIZAGEM DE TÓPICOS DE TERMOLOGIA NO ENSINO MÉDIO

  • Data: 13/04/2020
  • Mostrar Resumo
  • A tecnologia tem evoluído exponencialmente, mas as metodologias educacionais e prática didática não tem acompanhado esta evolução. Entre os motivos podem estar a dificuldade dos professores em utilizar novas tecnologias ou mesmo escassez de recurso digitais educativos. Logo, objetivando disponibilizar uma ferramenta tecnológica de fácil acesso que pudesse auxiliar no processo de ensino-aprendizagem dos conteúdos de Termologia, foi desenvolvido e implementado em sala de aula o aplicativo para smartphone Termiquiz que segue o formato de jogo de perguntas e respostas. O produto educacional foi aplicado a uma turma do segundo ano do Ensino Médio da escola EEEM Walkise da Silveira Vianna, na cidade de Marabá – Pará. Após a análise dos dados coletados, observou-se o engajamento dos alunos na atividade, bem como a melhoria nos testes de conhecimento do conteúdo

2019
Descrição
  • RONALDO SILVA SANTOS
  • INTRODUÇÃO AO ENSINO DAS LEIS DE NEWTON PARA ALUNOS COM DEFICIÊNCIA VISUAL, ATRAVÉS DO APLICATIVO CIÊNCIA FÁCIL

  • Data: 16/12/2019
  • Mostrar Resumo
  • A partir de 1996 as leis de diretrizes de bases, passaram a assegurar o direito aos alunos com necessidades especiais a frequentarem as escolares regulares, o grande problema é que as escolas não dispõe de estrutura capazes de atender esses alunos, os profssionais da educação também não estão preparados para receberem esse alunos em suas escolas e salas de aula, a escola também não possuem recursos didáticos adaptados as necessidades individuais de cada aluno. A educação de alunos com deficiência visual, se constitui um verdadeiro desafio para os educadores, exatamente pela necessidade de adaptar os matérias para o sistema braile, materiais desenhados em alto relevo, ou a tradução de textos por sintetizadores de voz. O que demanda recursos tecnológicos que nem sempre estão disponíveis este trabalho ataca essa dificuldade ao desenvolver um aplicativo de celular capaz de ensinar as leis de Newton para alunos com deficiência visual. Esse aplicativo foi capaz de ser utilizado pelos alunos de maneira autônoma, e nos testes realizados com 5 alunos, obteve nota de aprovação média igual 10 além de demonstrar um excelente desempenho nos exercícios do aplicativo

  • IVONALDO ALENCAR GARCIA
  • SEQUÊNCIA DIDÁTICA: Uma proposta para o Ensino de Queda Livre dos Corpos.

  • Data: 29/11/2019
  • Mostrar Resumo
  • Este trabalho é uma sequência didática produzida a partir do desenvolvimento de atividades experimentais, baseando-se na relação histórica entre o pensamento aristotélico, galileano e newtoniano a respeito do movimento de queda livre dos corpos. Tem como objetivo, compreender e demonstrar através de experimentos confeccionados com materiais do dia a dia o movimento de queda livre dos corpos de forma clara e precisa. A sequência, feita a partir de registros de algumas atividades que foram estruturadas segundo um planejamento pedagógico para seis encontros de duas horas-aula cada, perfazendo uma carga horária de doze horas, apresenta as análises conforme a própria estrutura sequencial que este se deu, ou seja, em uma sequência de seis atividades somadas ainda, ao auxílio de fragmentos das inúmeras reflexões alimentadas regularmente durantes os encontros, discussões, vídeos, questionários individuais e em duplas. O autor considera que conseguiu transmitir um excelente conteúdo e de qualidade aos educandos com clareza. Contudo, considera-se que os educandos conseguiram assimilar o que foi transmitido teoricamente e experimentalmente, conjugada com a pedagogia dialógica de Paulo Freire, e assim conseguiram estabelecer uma relação de crescimento cognitivo.

  • JOSÉ RICARDO DOS SANTOS FREITAS
  • USO DA PROGRAMAÇÃO SCILAB NO ENSINO DE FÍSICA: MODELANDO FENÔMENOS DE CINEMÁTICA

  • Data: 14/11/2019
  • Mostrar Resumo
  • O presente trabalho traz a abordagem do tema Cinemática, tratada no 1º ano do Ensino Médio, através da utilização de um produto educacional baseado no emprego de programação computacional na modelagem numérica e gráfica de fenômenos relacionados ao tema. O software de programação utilizado no trabalho foi o SciLab, escolhido por ser livre, de código aberto, e ter versões para Linux, Windows e Mac OS. Na composição do trabalho o principal teórico levado em consideração foi Seymour Papert com a Teoria do Construcionismo, que defende a construção do conhecimento por quem aprende, ou seja, o discente tornasse o construtor do próprio conhecimento de maneira prática e através do computador. Para verificação da eficácia do produto desenvolvido ministramos um minicurso para alunos de 1° ano do ensino Médio de uma escola pública no município de Marabá no Pará, realizado no laboratório de informática do Instituto de Ciências Exatas da Universidade Federal do Sul e Sudeste do Pará (UNIFESSPA). O minicurso foi ministrado em etapas de execução através de um roteiro onde mostramos comandos fundamentais no software e passamos a modelar os tipos de movimentos estudados na Cinemática. O modelo de metodológico do trabalho foi de abordagem qualitativa, e a avaliação realizada levou em consideração a satisfação e o interesse dos alunos no assunto trabalhado sob a utilização da programação. Os resultados foram satisfatórios e o produto mostrou-se um bom recurso didático para ensino de Física.

  • ERMISANDRO PEREIRA DA SILVA
  • INSTRUMENTOS DE MEDIDAS COMO FERRAMENTAS NO ENSINO DE FÍSICA

  • Data: 25/10/2019
  • Mostrar Resumo
  • O trabalho tem o objetivo de contextualizar os conceitos de unidades de medidas e, aplicação de instrumentos de medidas no ensino de Física, tendo como teoria da aprendizgem signicativa de David Ausubel (TAS), consolidado assim a metodologia aplicada à sequência didática, com isso, promovendo aula teórica juntamente com a prática. Favorecendo-o, um melhor rendimento no processo de ensino-aprendizagem, permitindo que o aprendiz se torne mais inovador, fazendo com que tenha mais atração e entusiasmo pela Física. Deixando de ser apenas uma disciplina de cálculos matemáticos, mas sim de uma ciência que busca o saber do porquê da existência de inúmeras coisas que os rodeiam, pois ela está presente em todo cotidiano: em casa, na rua, na escola, no trabalho,... Foram utilizados neste trabalho os instrumentos de medidas de grande importância para o ensino de Física, entre eles podemos citar: o paquímetro, micrômetro, goniômetro, relógio comparador e o multímetro.

  • ANTÔNIO AUGUSTO MARTINS NETO
  • O ENSINO DA HIDROSTÁTICA ATRAVÉS DE UMA SEQUÊNCIA DIDÁTICA UTILIZANDO EXPERIMENTOS DE BAIXO CUSTO:Análise de um estudo de caso em turmas do CEEFJA-Marabá.

  • Data: 23/10/2019
  • Mostrar Resumo
  • Ainda hoje, com tanta informação disponível podemos observar muitos professores desatualizados, e a disciplina de Ciências Naturais continua sendo lecionada no cenário do ensino tradicional, com base na simples transmissão de informações, através de aulas expositivas. Na Educação de Jovens e Adultos, em especial no Centro de Educação de Ensino Fundamental de Jovens e Adultos (CEEFJA) - Marabá este cenário se torna alvo de mais preocupações, pois nesta modalidade temos um público de perfil sociocultural diferente do aluno do ensino regular. Nestas circunstâncias propomos uma sequencia didática com a demonstração de experimentos de baixo custo da área de hidrostática, embasada nas teorias de Kelly e Vygotsky para melhorar o processo de ensino e aprendizagem deste público. Os resultados mostram a importância da sequencia que, realizando o experimento em dia separado da aula teórica, obtemos um ganho na aprendizagem dos educandos de forma satisfatória.

  • LUIZ FERNANDO RAMOS E NUNES
  • ELEMENTOS DA ETNOASTRONOMIA MEBENGOKRÊ/KAYAPÓ: O ENSINO DE ASTRONOMIA CULTURAL

  • Data: 05/09/2019
  • Mostrar Resumo
  • Etnoastronomia é o ramo da Astronomia que, por intermédio dos costumes de determinado povo/civilização, estuda e promove conhecimentos astronômicos. Ao contemplar o céu o homem pode observar continuamente os seus mistérios e à medida que se passava o tempo alguns foram desvendados. Transversalmente a isso a edificação do céu adota um modo predominante para a indicação de aspectos formadores da astronomia observacional antiga. A partir do instante em que se olha para o céu e passa a criar símbolos alinhados a um agente social cria-se um elo entre estes símbolos e todo conjunto cultural e característico de um bojo de crenças, costumes, saberes e valores de determinado povo. Este trabalho realiza análise histórico-cultural para identificar elementos da Etnoastronomia na etnia Mebêngokrê/Kayapó. O objetivo é relacionar o conhecimento milenar deste povo com a astronomia, respeitando a diferenciação do mito e do científico envolvidos nos saberes Mebêngokrê/Kayapó, além de descrever o papel de formação cultural e social desta cultura na região. Para tanto, foi desenvolvido uma proposta didática/metodológica em um ambiente educacional de temas ligados à física que pode utilizar diversas ferramentas, como: simuladores, atividades experimentais ou lúdicas, entre outros, através do ensino de astronomia cultural: pés na terra olhos no céu, objetivando a contribuição para disseminação dos conceitos astronômicos de um “mundo” bem mais antigo do que o nosso.

  • MAGNO AUGUSTO CORREA QUEIROZ
  • ATIVIDADES INVESTIGATIVAS DE LABORATÓRIO ABERTO NO ALGODOO PARA O ENSINO DAS LEIS DE NEWTON.

  • Data: 03/09/2019
  • Mostrar Resumo
  • Esta dissertação tem a finalidade de propor uma abordagem para o ensino das Leis de Newton por meio de atividades investigativas do tipo laboratório aberto utilizando o Algodoo. Tento como objetivos analisar as potencialidades e produzir um livreto no uso de atividades de investigação do tipo laboratório aberto utilizando o Algodoo para o ensino das Leis de Newton. O trabalho fundamentou-se no referencial teórico segundo Carvalho et al (2004) sobre as características de uma atividade investigativa e Azevedo (2004) nos tipos de atividades investigativas em sala de aula. A coleta de dadas para a pesquisa foi realizada em duas escolas no estado do Pará: a primeira, pública, localizada no município de Rondon do Pará; e a segunda, particular, no município de Marabá. A investigação de laboratório aberto proporcionou a construção do conhecimento utilizando evidências experimentais para comprovar ou refutar hipóteses na solução dos problemas propostos no livreto. O trabalho verificou a importância da autonomia dos discentes na construção do próprio conhecimento, relacionando a teoria com a prática.

  • ELIDA KELE CONCEIÇÃO DE LIMA
  • JOGO DE TABULEIRO NO ESTUDO DE EXOPLANETAS.

  • Data: 26/08/2019
  • Mostrar Resumo
  • O estudo de exoplanetas também chamados de extrassolares é a base para a formulação desta dissertação de Mestrado em Ensino de Física. Com base referencias teóricos da área de Ensino, como a Teoria da Aprendizagem Significativa, tentou-se desenvolver um produto educacional sobre exoplanetas que pudesse tornar o ensino de Física mais atrativo e dinâmico aos olhos dos alunos do ensino fundamental, desmistificando a ideia de somente cálculos matemáticos e o uso de muitas fórmulas. A dissertação apresenta os conceitos, definições e alguns métodos de detecções dos exoplanetas, mostrando assim que o estudo de astronomia é muito importante e pode contribuir consideravelmente no ensino de física. A pesquisa e aplicação do produto educacional ocorreram com um grupo de 66 educandos do nono ano do Ensino Fundamental de uma escola pública da rede municipal do Pará, localizada na cidade de Marabá. No desenvolvimento deste trabalho foram utilizados diferentes recursos e ferramentas didáticas como, por exemplo, textos guia, recursos multimídia e a criação de um jogo de tabuleiro para fomentar o processo de ensino-aprendizagem do conteúdo proposto sobre Exoplanetas. Dentre os principais resultados obtidos, além do próprio desenvolvimento do jogo didático enquanto produto educacional potencialmente significativo, destacamos que os educandos, em sua maioria, aprimoraram de forma lúdica e participativa seus conhecimentos prévios sobre os planetas, bem como adquiriram novos conhecimentos sobre planetas extrassolares, suas características e métodos de detecção.

     

     

  • JAILSON CUIMAR PAZ
  • APRENDIZAGEM DE CALORIMETRIA COM AUXÍLIO DE UM APLICATIVO EDUCACIONAL INSTALADO EM SMARTPHONES: UMA EXPERIÊNCIA COM ALUNOS DO TERCEIRO ANO DO ENSINO MÉDIO

  • Data: 17/07/2019
  • Mostrar Resumo
  • Nos diferentes níveis de ensino é comum estudantes apresentarem dificuldades relacionadas ao aprendizado da disciplina de Física. Dessa forma, é necessário criar estratégias educacionais que possam causar maior interesse no aluno. As tecnologias podem auxiliar os professores nesta tarefa, possibilitando construções de ambientes virtuais e atividades interativas que podem estimular a curiosidade do educando. Dentre essas tecnologias temos o smartphone, um aparato tecnológico que está cada vez mais presente nos ambientes escolares. O presente trabalho tem o intuito de propor a construção, aplicação e avaliação de um aplicativo educacional instalado em smartphones, que servirá como auxiliador no estudo de Calorimetria. O aplicativo foi construído com base em exemplos e contextos do dia a dia dos alunos, onde foram introduzidas imagens, simulações e atividades interativas como forma de criar um ambiente mais atrativo para a aprendizagem. O aplicativo poderá ser usado por qualquer aluno do ensino médio e cursinho pré-vestibulares, com ou sem auxílio do professor. Mas sua construção foi direcionada para alunos de terceiro ano do ensino médio e alunos de cursinhos pré-vestibulares, por isso a parte estrutural dos textos são mais resumidos, sem excessos de informações desnecessárias que poderão aumentar o volume de conteúdo, tornando a dinâmica de estudo mais prolongada e cansativa. Quando instalado no aparelho celular, o aplicativo funciona sem a necessidade do uso de internet. Para a construção do aplicativo foram usados os programas Blender, Ionic, Cordova e Visual Studio Code. Como forma de obtenção de resultados sobre a eficiência do produto, foram feitos testes com alunos do 3º ano do ensino médio da Escola Estadual de Ensino Médio Gabriel Sales Pimenta, localizada no município de Marabá-PA. Como forma de organização do produto e da dinâmica de ensino, foi utilizada como embasamento teórico a Teoria de Aprendizagem Significativa de David Ausubel. Os dados obtidos mostraram resultados positivos quanto ao ensino de Calorimetria mediado pelo aplicativo educacional. Os alunos se sentiram motivados em fazer parte de uma aprendizagem móvel, e opinaram sobre a possibilidade da escola e professores criarem outras atividades para incentivar o uso dos smartphone em sala de aula. Isto mostra que as instituições de ensino precisam aderir cada vez mais ao uso deste tipo de tecnologia, seguindo os passos de países desenvolvidos, assim como descrito nos documentos da UNESCO, e como forma de instrumento pedagógico para atingir uma aprendizagem de qualidade, como evidenciados nos PCN’s e BNCC.

  • LEONARDO MAGALHÃES DA SILVA
  • HISTÓRIA DA FÍSICA COMO ORGANIZADOR PRÉVIO: O ESTUDO DAS
     MÁQUINAS TÉRMICAS

  • Data: 01/07/2019
  • Mostrar Resumo
  • O trabalho consiste em uma nova abordagem de estudo da Física para alunos do segundo ano do ensino médio utilizando o estudo das máquinas térmicas como tema. Em tal abordagem utiliza-se a análise histórica como organizador prévio para o estudo da termodinâmica a partir de recursos
    computacionais (animação computacional e aplicativo para smartphone) para estudo teórico-prático, com o intuito de facilitar o processo de ensinoaprendizagem no estudo da Física no ensino médio organizando o conhecimento prévio do aluno, possibilitando assim que ele tenha subsunçores
    necessários para a aprendizagem significativa na área. A aplicação destes recursos computacionais, que chamamos de cartilha eletrônica, foi feita em turmas de segundo ano do ensino médio de duas escolas no município de Marabá - Pa (uma pública e outra particular) que somaram um total de 54
    alunos sendo 32 de escola particular e 22 de escola pública. Após a aplicação do método proposto os alunos responderam a dois questionários. Os resultados obtidos nos questionários foram animadores assim como a aceitação dos alunos sobre o método aplicado, o que possibilitou o aperfeiçoamento da animação computacional.

  • CAIO FERNANDO ROCHA SILVA
  • SIMUPHOTON: UM SIMULADOR COMPUTACIONAL PARA O ENSINO DO EFEITO FOTOELÉTRICO

  • Data: 28/06/2019
  • Mostrar Resumo
  • A utilização das Tecnologias de Informação e Comunicação tornaram-se presentes nas nossas vidas nos mais diferentes âmbitos sociais. Na área educacional, estudos demonstram que tais tecnologias contribuem para a prática pedagógica docente e, principalmente, no processo de ensino-aprendizagem. Diante da variabilidade de tecnologias, no âmbito educacional, a utilização dos simuladores computacionais se destaca como um recurso pedagógico promissor para a práxis educativa, sobretudo no ensino de física, reduzindo, em muitos aspectos, as dificuldades na transmissão e visualização de conteúdos considerados como abstratos, como é o caso, por exemplo, do efeito fotoelétrico. Neste trabalho objetivamos investigar como uma simulação computacional produzida, intitulada SimuPhonton, pode ajudar o ensino do conteúdo de efeito fotoelétrico no ensino médio. Este simulador a manipulação dos principais parâmetros relacionados ao efeito fotoelétrico, oferecendo aos alunos e professores uma alternativa para o ensino deste importante conteúdo. Para a intervenção didático-pedagógica, foi elaborada uma sequência didática baseada na metodologia dos Três Momentos Pedagógicos de Delizoicov (3MP), resultando um total de quatro encontros para o desenvolvimento das atividades propostas, tendo como foco a utilização doSimuPhonton. Os resultados evidenciam que os alunos aprovaram a simulação computacional, como uma ferramenta atraente para se aprender Física. Entretanto, sua utilização deve ser feita de forma planejada e associada a alguma outra metodologia de ensino, para que o processo de ensino-aprendizagem seja significativo.

  • JOSÉ GIDAUTO DOS SANTOS LIMA JUNIOR
  • ATIVIDADES EXPERIMENTAIS COM ARDUINO ABORDANDO FUNDAMENTOS DA CINEMÁTICA, TERMOMETRIA E ELETRODINÂMICA NA ESCOLA ESTADUAL DE ENSINO MÉDIO DR. GABRIEL SALES PIMENTA EM MARABÁ (PA).

  • Data: 06/06/2019
  • Mostrar Resumo
  • Este trabalho apresenta uma proposta didática voltada à realização de atividade experimental utilizando o Arduino como ferramenta de ensino aprendizagem com estudantes do ensino médio de uma escola da rede pública estadual na cidade de Marabá - Pará. Enfoca-se sobre os conceitos elementares da Cinemática, da Termometria e princípios fundamentais em Eletrodinâmica utilizando a plataforma na aquisição automática de dados nos experimentos.   No campo teórico, a proposta fundamenta-se na aprendizagem significativa de Ausubel, na teoria do desenvolvimento intelectual de Bruner e na transposição didática de Chevallard. A metodologia utilizada na proposta didática contou com a aplicação de instrumentos de controle e avaliação, respectivamente, sequências didáticas, roteiros e questionários avaliativos de aprendizagem, estes instrumentos possibilitam organizar as atividades e avaliar o nível de compreensão acerca dos conceitos abordados nos experimentos. Os resultados são apresentados por intermédios de tabelas e gráficos, após a análise e correlação dos dados obtidos pelos estudantes. Por fim conclui-se que o desenvolvimento de atividades utilizando o Arduino quer por sua versatilidade, funcionalidade e facilidade de programação, aliadas a teorias de ensino e a instrumentos de avaliação apresentam resultados satisfatórios de aprendizagem.

     

  • LEONARDO DE SOUSA LEAL
  • ENSINANDO OS FENÔMENOS TÉRMICOS-AMBIENTAIS ATRAVÉS DA METODOLOGIA EM ESPIRAL

  • Data: 03/06/2019
  • Mostrar Resumo
  • Este trabalho, utiliza a metodologia de Jerome Bruner (“ensino em espiral”), com a finalidade de levar os alunos a compreender a relação dos fenômenos físicos, térmicos e naturais: inversão térmica, efeito estufa, ilhas de calor e aquecimento global, abordando os conceitos de umidade, radiação infravermelha e pressão atmosférica. Para isso, utilizou-se aulas práticas com experiências de materiais de baixo custo, mapa conceitual e o LEGO. Nas aulas, aplicou-se uma sequência didática metodológica cujo objetivo foi incentivar a reflexão sobre os conceitos ambientais trabalhados, além disso, os estudantes foram submetidos a uma análise qualitativa e quantitativa por meio de redação, com intuito de comprovar a eficiência da proposta didática. Os dados foram obtidos na escola estadual de ensino médio Lourenço Galleti na cidade de Açailândia – MA. Portanto, verificou-se que os resultados dos alunos avaliados forma significativos com relação aos conceitos abordados. Ainda aplicou-se o método estatístico (ANOVA), através do qual foi possível avaliar o nível de compreensão dos estudantes entre as turmas do terceiro ano A e C envolvidas na pesquisada. Com esse método observou-se a disparidade entre os níveis de aprendizagem das duas turmas, a turma C apresentou resultados melhores significativamente do que a turma A. Dessa forma, conclui-se que a proposta torna-se eficaz, desde que haja uma análise dos conhecimentos prévios e dos possíveis obstáculos epistemológicos de cada turma afim de obterem o mesmo rendimento com a intervenção docente.

  • ELAINE RIBEIRO MOREIRA
  •  

    METODOLOGIAS ATIVAS PARA O ENSINO DE FÍSICA: CRIANDO UMA WEBQUEST PARA O ENSINO DAS LEIS DE NEWTON E SUAS APLICAÇÕES.

     

  • Data: 17/05/2019
  • Mostrar Resumo
  • O objetivo deste trabalho é apresentar uma alternativa metodológica no processo de ensino e aprendizagem, através da aplicação de uma Webquest como uma ferramenta educacional no estudo das Leis de Newton e suas principais aplicações, buscando trazer aos alunos um pensamento crítico sobre a utilização da tecnologia e as suas consequências no ensino. Muitos alunos têm dificuldades para assimilar os conteúdos da disciplina de Física pelo fato de não conseguirem visualizar com clareza os fenômenos físicos envolvidos nos assuntos. Para trabalhar esse fato, desenvolvemos um estudo em duas turmas de alunos do 1º ano do ensino médio, ambas pertencente a uma escola pública, localizada na cidade de Marabá no Pará. Para isso, foi elaborada uma webquest como ferramenta educacional dentro das metodologias ativas para estudar o fenômeno das leis de Newton assim como suas aplicações. A aplicação da sequência didática ocorreu em 3 etapas, sendo a primeira destinada a apresentar o projeto e aplicação de um questionário sobre o conteúdo trabalhado afim de coletar dados para verificar a base de conhecimentos prévios dos alunos. A etapa seguinte foi destinada a trabalhar o uso da webquest em grupos de 2 a 3 alunos seguindo suas etapas específicas. A expectativa era de que os alunos compreendessem melhor os conceitos do assunto, visualizassem com mais clareza as Leis de Newton e suas aplicações em questão, para que assim conseguissem aplicar melhor as teorias na prática nos seus cotidianos. Por fim, na última etapa foi realizada uma coleta de dados por meio de uma avaliação aplicada aos alunos semelhante a aplicada na primeira etapa, para verificar se havia indícios de melhoria no aprendizado dos discentes depois da utilização da webquest como ferramenta de estudo. O método de verificação dos resultados não visou a comparação entre as duas turmas, mas sim o desempenho de cada uma delas antes e depois da aplicação da nova metodologia. Os resultados indicaram uma melhora significativa na capacidade de os alunos visualizarem e aplicarem os conceitos estudados.

  • ERANILDO DA CONCEIÇÃO SOBRAL
  •                                   

    TEORIA DA RELATIVIDADE RESTRITA: PROPOSIÇÃO DE ENSINO NA CONSTRUÇÃO DO CONCEITO DE DILATAÇÃO DO TEMPO PARA ALUNOS COM RETINOSE PIGMENTAR

  • Data: 10/05/2019
  • Mostrar Resumo
  • Este estudo tem como objetivo desenvolver uma sequência didática bem como experimentos e materiais de apoio que facilite o aprendizado da Teoria da Relatividade Restrita (TRR), no que tange a dilatação temporal, para alunos com Retinose Pigmentar (RP). Para tanto foram construídos uma tabela tátil que exprime a relação entre o tempo para o observador em repouso e viajante em velocidade próxima a da luz, e um simulador que permite uma melhor inferência sobre a dilatação do tempo. Para o cálculo foi construída uma fita em escala proporcional á dilatação do tempo para as velocidades que em se aplicam a TRR. O aporte teórico teve a contribuição de Ausubel. Participaram da pesquisa a equipe de Atendimento Especial Especializado (AEE) do Instituto Federal do Maranhão (IFMA), e a estudante do terceiro ano curso técnico de meio ambiente, que tem (RP). Este trabalho visou contemplar suas particularidades. Os dados iniciais foram coletados por meio de entrevistas aplicadas a equipe de AEE e á estudante EAC. Após a pesquisa inicial foi aplicada a sequência didática com o uso do material e posteriormente uma nova entrevista. A interatividade da aluna com o material aconteceu de forma rápida, tornando mais lúdico os efeitos da dilatação temporal. Tomando como base essa iniciativa e seus frutos, podemos concluir que é possível proporcionar uma educação mais inclusiva, para os alunos com RP. Os resultados mostraram que houve aprovação dos experimentos pelos professores e pela aluna, ela conseguiu realizar suas observações experimentais, aquisição das informações do contexto histórico, construiu o conceito de referencial inercial, dilatação temporal, bem como a quantificação das dilatações temporais de maneira proporcional, de forma mais significativa tanto a cunho conceitual como nos fenômenos físicos abordados. Pode-se concluir que é possível proporcionar uma educação mais inclusiva e interativa entre alunos com RP e alunos videntes desde que sejam utilizados recursos didáticos, que levem em consideração os sentidos remanescentes dos alunos com RP.

  • MAYK WILLIAMS DA SILVA OLIVEIRA
  • A SALA DE AULA INVERTIDA: USO DE UM SOFTWARE E UM JOGO PEDAGÓGICO NO ENSINO DE ELETROSTÁTICA
  • Data: 10/05/2019
  • Mostrar Resumo
  • Neste trabalho abordamos um dos assuntos mais importantes da física e que faz parte da grade curricular de tal disciplina no ensino médio (EM) que é o estudo da Eletrostática. Por muitas vezes, esse tema torna-se muito abstrato aos alunos, porém é de extrema importância para que o mesmo possa entender os conceitos estudados. Deste modo, foi desenvolvida uma aplicação dos conceitos do assunto utilizando experimentou para potencializar a aprendizagem e propor uma estratégia facilitadora em sala de aula. Foi elaborado também, juntamente com os alunos, um mapa conceitual dos experimentos para cada conceito e tópico estudado. Para enfatizar todo esse processo de aprendizagem com os experimentos e com os mapas conceituais houve a produção de um jogo pedagógico. Um software na linguagem Delphi foi construído, de modo que os alunos pudessem determinar matematicamente a força elétrica, o campo elétrico, o potencial elétrico e o trabalho realizado pela força elétrica no interior de um campo, assim como o comportamento dos gráficos de cada conceito, relacionando com as atividades experimentais.

  • WILLAMY DE OLIVEIRA CAVALCANTE
  • HISTÓRIA EM QUADRINHOS: UMA ABORDAGEM LÚDICA DAS QUESTÕES DE FÍSICA

  • Data: 25/04/2019
  • Mostrar Resumo
  • O uso de quadrinhos tem sido feito em diversas áreas na educação devido a sua linguagem simples e universal. Constando esse potencial, o presente trabalho enfoca na confecção de uma HQ como uma forma diferente de se trabalhar na resolução de questões de física, com o objetivo de verificar o seu uso como instrumento metodológico de motivação e didática na aprendizagem significativa no ensino de Cinemática. Realizou-se uma pesquisa bibliográfica sobre o uso de quadrinho, verificou-se que existe uma literatura ampla de seu uso na área de ciências, porém nada em relação a resolução de questões matemáticas. Diante disso, foi elaborado uma proposta metodológica que visa auxiliar o aluno por meio da confecção de uma HQ para diminuir as dificuldades na matemática sem desobedecer a formalidade necessária. Para obter os resultados, realizou-se a aplicação em uma turma de ensino médio na modalidade de educação de jovens e adultos na escola Prof. Tereza Donato de Araújo, Cidade Marabá/PA. Os resultados obtidos mostraram que o produto educacional possui um grande potencial em motivar os alunos a realizarem os cálculos propostos, em especial na resolução de questões de física. Foram realizados dois questionários de opinião com a finalidade de se avaliar a aceitação do produto educacional. Concluiu-se que o produto metodológico apresentado teve uma aprovação expressiva da turma, bem como ficou demonstrado que os motivou na aprendizagem.

  • THIAGO DE ANDRADE DE OLIVEIRA
  • A UTILIZAÇÃO DE JOGOS DIGITAIS COMO FERRAMENTAS EDUCACIONAIS NO PROCESSO DE ENSINO E APRENDIZAGEM: DESENVOLVIMENTO E APLICAÇÃO DO JOGO FAZENDAELÉCTRON

  • Data: 24/04/2019
  • Mostrar Resumo
  • O presente trabalho tem como objetivo central, relatar a possibilidade da utilização de Jogos Digitais Educacionais, de forma especifica, o jogo FazendaEléctron, desenvolvido pelo o autor deste trabalho, para auxiliar no processo de ensino e aprendizagem na disciplina de Ciências da Natureza, abordando o conteúdo de matéria e energia, proposto na Base Nacional Comum Curricular (BNCC), visando proporcionar meios para que os alunos possam adquirir as habilidades de compreender a produção de eletricidade em hidrelétricas e explicar como essa energia chega em suas casas ou escolas. Para a realização desta atividade fez-se uso do estudo de caso como procedimento para a coleta de dados, pois este instrumento permite concentrar a exploração do problema em uma menor unidade de objetos. A partir da análise de dados foi possível notar a viabilidade, do ponto de vista educacional, da utilização dos jogos digitais, em especial o jogo FazendaEléctron, como ferramenta auxiliadora no processo de ensino e aprendizagem na disciplina de ciências da natureza. Enfim, por meio do estudo realizado foi possível confirmar que o emprego do Jogo FazendaEléctron nas escolas possibilita aos professores enriquecerem a sua pratica pedagógica, motivando os alunos a buscarem o conhecimento e a despertar a vontade de aprender e, consequentemente, contribuir para que a aprendizagem seja realmente significativa.

  • ROBERTO COSTA NUNES
  • USO DE ALGORITMOS E LINGUAGEM DE PROGRAMAÇÃO COMO FERRAMENTA PARA O ENSINO DE FÍSICA

  • Data: 11/04/2019
  • Mostrar Resumo
  • É notório que a Física é uma ciência bem antiga. Estando em constante evolução promoveu constantes evoluções e revoluções na humanidade, possibilitando desde a compreensão do dia a partir do movimento do planeta até viagens espaciais. Assim como a Física está em constante evolução, o ensino de Física também necessita acompanhar essa evolução, e com o advento de tecnologias digitais as possibilidades de ensino podem ser expandidas e potencializadas. Procurando introduzir os estudantes da educação básica na área da computação, esse estudo se baseia no uso de lógica de programação para construção de algoritmos computacionais voltados para o ensino de Física. O objetivo desse trabalho é fazer com que os alunos busquem a construção de soluções para problemas de Física, elaborando algoritmos de computadores. Para viabilizar esse objetivo, foi utilizado o programa aplicativo VisuAlg para ensinar a lógica de programação na estrutura de um minicurso ofertado aos alunos da educação básica do primeiro ano do ensino médio da escola pública estadual Oneide de Souza Tavares, localizada na cidade de Marabá-PA. Foi necessário utilizar a sala de informática da escola em questão que possibilitou a seleção de 12 alunos. O projeto foi aplicado no mês de agosto de 2018, onde foi possível verificar que os alunos ainda não tinham sido introduzidos na programação e estavam iniciando os estudos de Física, onde apenas 17% dos alunos que formaram o grupo trabalhado conseguiram responder corretamente uma questão que envolve o cálculo de velocidade média e nenhum deles conseguiram resolver uma questão que envolve o cálculo de distância. Após aplicação do minicurso foi possível verificar o ganho que a prática proporcionou para a resolução de problemas de Física, onde ao final 83% dos alunos conseguiram responder corretamente o cálculo de velocidade e 75% conseguiram solucionar o problema de distância.

2018
Descrição
  • JOSÉ FÁBIO SOUSA SILVA
  • ANALISANDO OS DADOS DO ENEM ATRAVÉS DO SOFTWARE DR-ENEM: UMA ABORDAGEM QUANTITATIVA DOS RESULTADOS

  • Data: 21/12/2018
  • Mostrar Resumo
  • Para professores e gestores da educação, tão importante quanto ter ministrado com eficiência os assuntos que foram cobrados no Exame Nacional do Ensino Médio – ENEM é saber quais deles trouxeram mais dificuldades para seus alunos; saber se os indicadores de aprendizagem apresentaram melhoras em relação às edições anteriores e assim, ter a possibilidade de corrigir ou melhorar a abordagem dos assuntos ministrados em sala de aula, sabendo exatamente qual deles precisa de maior atenção. A utilização dos resultados do ENEM como diagnóstico para um planejamento mais cuidadoso e preciso é crucial para melhora dos índices de aprendizagem no Brasil. Nesse artigo, apresentamos o software dr-Enem, sistema capaz de fornecer dados precisos dos resultados ENEM e assim, contribuir para melhoria do processo de ensino.

  • ADRIANO DO REGO PIRES
  • O ENSINO DE ÓPTICA PARA CEGOS NA PERSPECTIVA DE COMPREENDER A LUZ A PARTIR DO SOM

  • Data: 17/12/2018
  • Mostrar Resumo
  • O presente trabalho tem como principal objetivo desenvolver uma Sequência Didática (SD) que auxilie o professor no atendimento de alunos cegos minimizando suas dificuldades no processo de construção de conhecimentos sobre óptica, através de leitura, debate e interpretações de estímulos auditivos produzidos por atividades experimentais. Trata-se de uma proposta de intervenção instrutiva
    inclusiva para o Ensino de Física, visando quebrar as barreiras impostas pelo atual sistema educacional, que tende em fomentar a visão como principal sentido na interpretação dos fenômenos físicos. Para tal, foi desenvolvido um caderno pedagógico, sistematizado em seis aulas estruturadas de acordo com a SD na perspectiva da aprendizagem significativa. A metodologia desenvolvida se deu a partir das etapas da SD: Etapa 1 (Pré-teste), Etapa 2 (Organizadores prévios), Etapa 3 (Apresentação do conteúdo) e Etapa 4 (Verificação da aprendizagem), com levantamento de campo realizado através de entrevistas e debates gravados em áudio, tal como, resoluções em braile aos problemas apresentados. O estudo foi desenvolvido a partir de uma pesquisa qualitativa exploratória a qual constitui-se no método mais adequado para obter resultados importantes sobre os atores
    delimitados. Os resultados obtidos foram impressionantes, pois além de apreciarem positivamente as atividades desenvolvidas, os alunos com cegueira, expressaram opiniões extremamente coerentes ao que se propôs, como a importância do sentido na construção dos significados e a magnitude do compartilhamento de ideias e pontos de vista, diante dos aspectos de acessibilidade, por exemplo. Portanto, esta experiência extremamente significativa possibilitou a confirmação de que para a
    evolução da aprendizagem significativa de alunos cegos é essencial considerar suas bagagens cognitivas e as interações dialógicas entre os sujeitos do processo educativo e que o professor tem o papel de criar canais de acesso aos conteúdos, a partir de estruturas de linguagem adequadas e modelos mentais cientificamente coerentes.

  • IVANILDE SOBRAL DE LIMA
  • DESENVOLVIMENTO DE MANUAL DE FÍSICA EM LIBRAS E OBJETOS EDUCACIONAIS APLICADOS AO SOM

  • Data: 17/12/2018
  • Mostrar Resumo
  • O ensino de física, ao longo dos tempos, tem carregado histórico negativo de aprendizagem, repetência e notas baixas, características singulares nesta disciplina. Quando associado aos alunos especiais, essa dificuldade é ainda mais visível, tendo em vista quemuitos não são assistidos em seus direitos previstos na Lei de Diretrizes e Base da Educação, no Art. 59 que preconiza: currículos, métodos, técnicas, recursos educativos e organização específica, para atender às suas necessidades. A não efetivação da Lei prejudica o crescimento intelectual pela falta de estímulos adequados ao seu potencial cognitivo, socioafetivo, linguístico e político-cultural.Em comparação com o chamado ensino tradicional, forjando um instrumental teórico de estudo e reflexão, nessa perspectiva, a pesquisa’ esboçará um painel acerca de metodologias e sequências didáticas, que se desdobrarão sob uma visão crítica das problemáticas acerca da aprendizagem de Física para o aluno com deficiência auditiva. A investigação trata de um estudo exploratório e pesquisa de campo de natureza qualitativa, os dados são o resultado de técnicas de questionamentos, entrevistas, mapas conceituais e observação livre. Foram construídos questionários e entrevistas aos professores e aos alunos, cujas questões formuladas procuraram ir ao encontro das finalidades do estudo. A pesquisa está estruturada em uma sequência de atividades: introdução do conteúdo com comunicação bilíngue, construção de mapas conceituais, seguida das experimentações com os objetos simuladores. Este trabalho teve como desígnio construir manualde ensino de física a serem utilizados no conteúdo de som, suas propriedades e efeitos com os alunos com deficiência auditiva da rede pública estadual de Açailândia. Descrevem-se os resultados da pesquisa da integração destes alunos com a simulação dos objetos e a influência destes na aprendizagem. Tanto os alunos ouvintes como os deficientes auditivos ampliaram significativamente a aprendizagem, sendo o segundo grupo com evolução de 60% na construção dos mapas conceituais.

  • JOSÉ AUGUSTO SOUSA AFONSO
  • DESENVOLVIMENTO DE UM APLICATIVO EM LINGUAGEM VBA PARA O ENSINO DE TÓPICOS DE ENERGIA NA EDUCAÇÃO BÁSICA

  • Data: 26/04/2018
  • Mostrar Resumo
  • Neste trabalho foi desenvolvido o Aplicativo Energy, com a finalidade de disponibilizar aos alunos e professores da Educação Básica uma ferramenta auxiliar ao ensino de Energia e suas formas na Física da Educação Básica. O software foi desenvolvido no ambiente computacional do Visual Basic for Applications, no Excel 2016, aplicativo do pacote de programas da Microsoft Office 2016. Visando auxiliar o usuário na realização de atividades ligadas ao tema, o Aplicativo Energy foi concebido com tópicos em PDF dos principais assuntos relacionados ao tema Energia no Ensino Médio. Também foram desenvolvidas ferramentas para a plotagem de gráficos e realização dos mais diversos tipos de cálculos no tema Energia. Com o fim de verificar a contribuição do aplicativo no processo de aprendizagem dos alunos, foram realizadas diversas análises com turmas do terceiro ano do Ensino Médio em uma escola da rede pública. Os resultados obtidos mostraram-se promissores.

2017
Descrição
  • AMARAL NUNES DE SOUZA
  • MODERN PHYSICS: UM APLICATIVO PARA O ENSINO DE FÍSICA MODERNA NO ENSINO MÉDIO

  • Data: 15/09/2017
  • Mostrar Resumo
  • Neste trabalho foi desenvolvido o Software Modern Physics com o objetivo de auxiliar professores na árdua tarefa de ensinar conceitos de Física Moderna para alunos do ensino médio. O aplicativo foi desenvolvido em linguagem computacional Visual Basic for Applications (VBA). Esta linguagem é uma implementação do Visual Basic da Microsoft incorporada em todos os programas do Microsoft Office, o que foi determinante em sua escolha para o desenvolvimento do aplicativo, uma vez que o Office é utilizado maciçamente na sociedade. Tal aplicativo tem como foco principal facilitar a compreensão dos temas de Física Moderna, levando o discente a uma aprendizagem por meio da interação, uma vez que o mesmo será capaz de simular situações e comparar resultados e, a partir daí, tirar suas próprias conclusões. Com o uso desta ferramenta, vislumbra-se um grande potencial para ensino e um facilitador da aprendizagem da Física moderna. Esse software foi utilizado em cinco turmas de terceiro ano da escola estadual Plinio Pinheiro. Os resultados obtidos mostraram-se bastante promissores, evidenciando que o aplicativo é uma excelente ferramenta auxiliar no ensino aprendizagem dos conceitos de Física Moderna.

  • LÚCIO HELENO LOBATO PORTO
  • COMPARANDO A INFLUÊNCIA ENTRE O SOFTWARE EDUCACIONAL E OS DISPOSITIVOS CONSTRUÍDOS PARA AULAS EXPERIMENTAIS ABORDANDO O TEMA DE DINÂMICA NAS AULAS DE ENSINO MÉDIO

  • Data: 07/07/2017
  • Mostrar Resumo
  • O artigo 36 da LDB, que versa também sobre o currículo do ensino médio, observa-se como diretriz, que se adotarão metodologias de ensino e de avaliação que estimulem a iniciativa dos estudantes. Neste sentido, o presente trabalho tem como finalidade propor metodologias por meio software educativo e da construção de dispositivos com material alternativo, que dinamizem o desenvolvimento do ensino-aprendizagem de Física, com relação ao assunto de Dinâmica, vista com os alunos do primeiro ano do ensino médio da Escola Estadual Gaspar Vianna no município de Marabá – PA. Sustentada pelas teorias de aprendizagem de Jean Piaget, David Ausubel e Lev Vigotsky, buscou-se abordar os conceitos de Física e suas aplicações com a utilização de recursos auxiliadores da metodologia de ensino-aprendizagem, como o uso de softwares educacionais e dispositivos experimentais, estes construídos pelo professor para serem trabalhados em sala da aula como uma alternativa didática e mais barata, portanto esse também é o produto educacional resultante deste trabalho e que pode ser aplicado por qualquer um que disponha de poucos disponíveis ao ensino em sala de aula. O uso destes dispositivos aliados as metodologias, proporcionaram um ganho na eficiência de ensino aos jovens dessa escola e serve com indicador de qual metodologia é mais eficiente para abordar os conceitos de dinâmica.

  • LUIZ FERNANDO ATHAYDES ARINGHIERI
  • “TEATRO DE FANTOCHES: UMA ABORDAGEM LÚDICA DE FÍSICA MODERNA EM ESCOLAS DE ENSINO FUNDAMENTAL”

  • Data: 27/04/2017
  • Mostrar Resumo

  •           A proposta de se introduzir os conceitos de Física Moderna no ensino básico é muito instigante. Vários estudos já se voltam com esse objetivo, principalmente com o uso de abordagens mais contextualizadas que envolvam os alunos na construção desses conceitos A exemplo disto temos aparatos experimentais que fogem das metodologias tradicionais, muito exploradas em feiras de ciências. O objetivo deste trabalho é apresentar uma metodologia lúdica, através da utilização de bonecos de fantoche e experimentos de baixo custo para disseminar já no ensino fundamental, um pensamento crítico sobre a utilização da tecnologia e as suas consequências para o meio ambiente. Foi aplicado um questionário sobre o entendimento do tema antes e reaplicado após a apresentação, com a finalidade de avaliar o grau de desenvolvimento cognitivo alcançado pelos alunos envolvidos por este projeto, aprimorando assim as atividades e técnicas abordadas com os alunos para que estes absorvam com o maior aproveitamento o conteúdo trabalhado. Verificou-se com esse trabalho o entendimento dos alunos do ensino fundamental a respeito da Física Moderna, associando o conhecimento de forma geral a experimentos facilitando o processo ensino/aprendizagem. Como resultado obteve-se a melhoria da percepção, na análise crítica e no contexto do mundo ao seu redor. 

  • ANTONIO DE PASSOS NETO CRONEMBERGER GALVÃO
  • GAMIFICAÇÃO NO SCRATCH COMO RECURSO PARA APRENDIZAGEM POTENCIALMENTE SIGNIFICATIVA NO ENSINO DA FÍSICA: LANÇAMENTO DE PROJETEIS

  • Data: 06/02/2017
  • Mostrar Resumo
  •         Nesse trabalho alicerçado sobre as base construtivistas e de aprendizagem significativa, buscou-se estabelecer estratégias de aprendizagem voltada aos subsunçores dos alunos, afim de elaborar um material de aprendizagem potencialmente significativo, para o ensino de Física, em particular no assunto Lançamento de Projéteis. Para isto, nos apropriamos das três condições exigidas por David Ausubel onde o ensino seja claro, conexo e atrativo. A pesquisa foi fundamentada no campo da abordagem qualitativa e se utilizou do método de pesquisa participante. Para reunir essas condições, realizou uma prática de ensino de gamificação sobre o contexto do jogo Angry Bird, com o diferencial de que os alunos teriam que construir sua própria versão do jogo por meio de uma linguagem de programação chamada Scratch. A testagem do material foi realizada no laboratório de informatica de uma escola de Ensino Médio, com quarenta alunos. Este projeto foi inovador no aspecto de ensinar dentro de um ambiente de gamificação a construção de um jogo eletronico que se demonstrou por meio dos resultados qualitativos amplamente eficiente, obtendo-se de forma satisfatória a aceitação dos alunos, e concomitantemente a motivação destes para a aprendizagem de Física.

2016
Descrição
  • CAIRO DIAS BARBOSA
  • EXPERIMENTOS DE FÍSICA ADAPTADOS PARA O ENSINO DE ESTÁTICA DOS FLUIDOS A ALUNOS COM CEGUEIRA DO ENSINO FUNDAMENTAL: TEOREMA DE STEVIN, VASOS COMUNICANTES E PRINCÍPIO DE PASCAL

  • Data: 14/10/2016
  • Mostrar Resumo
  • O presente trabalho tem como objetivo mostrar através de cinco experimentos de Física que permitem observações táteis e sensoriais tanto de alunos com cegueira como de alunos de visão normal, que será possível ofertar ao estudante cego, uma educação que não seja atrelada apenas a visão. Para tanto foram construídos 2 (dois) experimentos para o estudo do Teorema de Stevin, 2 (dois) para abordar o Princípio dos Vasos Comunicantes e 1 (um) para exemplificar o Princípio de Pascal, ambos experimentos dinâmicos voltados para aulas experimentais com alunos cegos e videntes. Após a construção dos experimentos, eles foram avaliados por uma equipe de profissionais especializados na educação de deficientes visuais e logo após foram aplicados com dois grupos de alunos do ensino fundamental, constituídos por estudantes de visão normal e estudantes com cegueira. A coleta de dados foi realizada através de entrevistas estruturas aplicadas aos 3 (três) professores que avaliaram os experimentos, 2 (dois) professores de Ciência dos alunos que participaram da pesquisa, 10 (alunos) alunos de visão normal e 3 (três) alunos com cegueira. Para avaliar o aprendizado dos alunos foram aplicados testes de sondagem um antes e outro após a aula que foi ministrada com os recursos produzidos. Os resultados mostraram que houve aprovação dos experimentos pelos professores e por todos os discentes, os alunos com cegueira conseguiram realizar suas observações experimentais através do tato, houve uma maior interação entre todos os alunos, tornando mais lúdico os conceitos e fenômenos físicos abordados e também se constatou uma evolução no aprendizado de todos os alunos. Diante dos resultados obtidos, pode-se concluir que é possível proporcionar uma educação mais inclusiva, igualitária e interativa entre alunos cegos e alunos sem deficiência visual desde que sejam utilizados recursos didáticos, que levem em consideração os sentidos remanescentes dos alunos com cegueira.

  • ANDRÉ SCHEIDEGGER LAIA
  • O ENSINO DE INDUÇÃO ELETROMAGNÉTICA A PARTIR DE ATIVIDADES EXPERIMENTAIS QUANTITATIVAS

  • Data: 03/10/2016
  • Mostrar Resumo
  •  

    O presente trabalho propõe uma prática investigativa sobre o ensino de Eletromagnetismo através da associação de Atividades Experimentais e Atividades Computacionais, de forma que os próprios alunos possam manipular os experimentos, coletar dados e analisar as relações entre as variáveis usando planilhas e gráficos de modo semelhante àquilo que um laboratório de física possibilitaria. Os resultados deste trabalho demonstraram que os alunos submetidos a esta estratégia de ensino, apresentaram um melhor resultado na resolução dos questionários e na confecção e apresentação dos experimentos finais, após a intervenção, quando comparados com turmas piloto submetidas a outras estratégias de ensino. Desta forma os resultados obtidos com a proposta de ensino foram satisfatórios.

  • NEYSON FERREIRA DE SOUZA
  • ATIVIDADE EXPERIMENTAL NO ENSINO FÍSICA: NA BUSCA DE UMA APRENDIZAGEM SIGNIFICATIVA

  • Data: 30/09/2016
  • Mostrar Resumo
  • Pesquisamos as contribuições de uma proposta de ensino de Física para auxiliar o aprendizado dos alunos do primeiro ano do ensino médio, apoiada nas teorias de aprendizagem significativa (AUSUBEL, 2003) e na teoria sociocultural de (VYGOTSKY, 2001), utilizando atividades experimentais em sala de aula com materiais alternativos como estratégia de ensino. O trabalho seguiu o seguinte cronograma de aplicação, composto por quatro etapas: questionário prévio, abordagem conceitual, atividades experimentais e questionário pós-experimentos. Na primeira etapa o professor aplica um questionário prévio para avaliar os conhecimentos dos alunos. Na segunda etapa expõe o conteúdo de forma dialogada, utilizando o livro didático, experimentos simples, simulações, vídeo aulas e aulas em slides. Na terceira etapa tratamos dos conceitos de hidrostática com a construção do robô hidráulico, do macaco hidráulico, do freio hidráulico e do elevador hidráulico pelos alunos com o auxilio do professor quando necessário. Para finalizar a pesquisa, na quarta etapa o professor retorna o questionário usado inicialmente para avaliar o ganho de aprendizagem da turma. Na abordagem conceitual exploramos o conteúdo de hidrostática; dessas discussões foi possível construir o produto educacional “Robô Hidráulico” o que foi um dos objetivos dessa pesquisa. A pesquisa ocorreu no segundo semestre de 2015 com 97 alunos do 1° ano do ensino médio, na escola Luzia Aires Maranhão, em Carolina-Maranhão. Como instrumento para coleta de dados utilizamos questionários, exercícios durante a abordagem conceitual, e avaliação durante a construção e explicação dos experimentos construídos pelos alunos. Constatamos que a metodologia proposta, permitiu que os alunos interagissem entre si e com o professor, buscando construir o seu próprio aprendizado. As atividades propostas em sala de aula permitiram uma maior discussão e um aprofundamento sobre os conceitos e os fenômenos de física estudados.

  • WALLDINEY PEDRA GURGEL
  • SPEED CALCULATIONS FOR TRAFFIC ACCIDENTS: UM SOFTWARE PARA O ENSINO DA DINÂMICA DOS ACIDENTES DE TRÂNSITO EM UMA ABORDAGEM BEHAVIORISTA

  • Data: 28/09/2016
  • Mostrar Resumo
  • Neste trabalho desenvolvemos e apresentamos o software SCTA 1.0
    (Speed Calculations for Traffic Accidents), construído em linguagem Delphi
    Pascal. Este aplicativo foi idealizado com o intuito de inserir o tema gerador
    Acidentes de Trânsito aos alunos do ensino médio, utilizando para tal conceitos
    importantes de mecânica clássica, como leis de Newton e conservação da
    energia mecânica. O aplicativo trata-se de um software de modelagem, onde o
    aluno pode calcular a velocidade de veículos envolvidos em acidentes de
    trânsito em seis situações diferentes. O próprio aplicativo é o produto
    educacional desenvolvido pelo autor. Como uma proposta de utilização do
    software em sala de aula foi idealizado a sua utilização em uma avaliação
    diagnóstica, fundamentada na teoria behaviorista de Skinner.

SIGAA | Centro de Tecnologia da Informação e Comunicação (CTIC) - (94) 2101-5945 | Copyright © 2006-2024 - UNIFESSPA - sigaa-docker